Review Hqs nacionais - Brokers #1


Brokers, álbum de estreia do paraibano Breno Ranyere, ocupa um lugar especial na Marca de Fantasia. A editora não tem uma linha editorial infanto-juvenil, contudo o trabalho de Breno, apesar de se tratar de uma aventura que mistura elementos de mangá com super-herói, pode agradar a qualquer público, mesmo os habituados ao conceito mais underground da Marca de Fantasia.

A HQ criada e desenhada por Breno fecha-se nesta primeira edição, mas como é próprio aos mangás, pode ter desdobramentos e sequências, que dependem apenas do empenho do autor em produzi-los. A história conta o protagonismo do personagem Eric, que esconde um segredo de sua família. Por anos ele foi capaz de manipular o elemento terra a sua vontade sem que ninguém soubesse. Porém, após ser atacado por caçadores que planejam roubar seu poder, o garoto é forçado a escolher entre ficar e lutar ou abandonar aqueles que ama.
A aventura de Eric e os encargos que seus poderes lhe trazem não fogem às convenções do gênero, mas realça-se o domínio de Breno na construção de um roteiro fluido e uma arte que cumpre com eficiência seu papel de causar impacto e interesse no leitor. Por outro lado, a produção de Brokers é fruto de uma longa fase de amadurecimento do autor, que lida com sua obra desde os primeiros anos da adolescência.

Apesar de mangá não ser muito meu estilo,achei a revista maneira,normalmente o publico de mangá e quadrinhos não se bicam muito,os otakus normalmente tem muita resistência caso tenham começado a ler mangás para fazer a transição com os quadrinhos,essa revista ajuda muito nesse quesito.
Nota 7.5

Confira Também...

0 comentários