RETRATAÇÃO NA CATEGORIA "MESTRES DO QUADRINHO NACIONAL" DE 2006

(O criador  e a origem do capitão gralha nunca existiram, bem como nunca foi publicado na gazeta do povo, mas o gralha da imagem acima existe)

Antes que o Toddy venha perguntar o Gralha existe e foi publicado, porem toda a historia que ele seria uma homenagem a o capitão gralha e sua origem antiga (muito perpetuada pelos grandes blogs de quadrinhos isso sim foi uma mentira, em 2006, a AQC tinha uma enorme lista de autores que poderiam receber o prêmio de Mestre. Na época a comissão do Troféu Angelo Agostini achou que seria interessante que elevássemos a categoria de "Mestres" todos os autores que já haviam morrido e deixássemos para homenagear só os Mestres vivos. Assim, o suposto quadrinhista curitibano Francisco Iwerten (criador do suposto personagem "Capitão Gralha") foi premiado "in memorian", como Mestre do Troféu Angelo Agostini. Na web não havia nada sobre ele e as únicas informações vinham do álbum "O Gralha", da Via Lettera Editora, em 2001.


Como foi revelado ao público por José Aguiar e Antonio Eder, o tal quadrinhista Francisco Iwerten nunca existiu, nem seu super-heroi, o "Capitão Gralha". Eles inventaram essa história quando criaram os Quadrinhos "O Gralha", publicado em jornal e depois na revista Metal Pesado e no álbum da Via Lettera.

Porque essa quizumba toda? bom segundo um dos criadores foi marketing para conseguir ser publicado pela editora, porem recentemente os criadores decidiram revelar a brincadeira e revelou que as historias do capitão gralha que serviram para a pegadinha do malandro serão publicadas e haverá na revista a explicação da quizumba toda.


Confira Também...

0 comentários