Vamos Falar Sobre a Polêmica da Capa da Batgirl? Vamos Sim.


Essa semana aí rolou uma pequena discussão sobre a capa variante da Batgirl, em homenagem aos 75 anos do Coringa, feita pelo brasileiro Raphael Albuquerque. Muita gente afirma que trazer essa capa, referenciando uma das maiores obras dos quadrinhos, A Piada Mortal, é trazer a tona uma parte do passado negro da personagem, já que durante a HQ, fica subentendido que Barbara Gordon teria sido abusada sexualmente pelo Palhaço após ter levado um tiro. Aí me passou pela cabeça. A galera realmente conhece o Coringa?


Eu poderia simplificar meu argumento com a famosa frase do Feira da Fruta: " EU GOSTO MEMO É DO BÁTIMA" porém eu vou lembrar vocês que o Coringa é louco, mas ainda tem lá seus princípios. A maluquice do Coringa não é algo que remete ao lado sexual do personagem, ainda mais por que o Coringa possui uma obsessão no Batman, não nos seus sidekicks. E outra, ele queria ir atrás do Gordon para simplesmente deixá-lo louco e fazer com que o Batman ficasse com raiva dele. (E conseguiu, já que o Batman mata ele no final) Mas isso não é o foco do texto e do meu argumento, o foco é que esquecer A Piada Mortal e essa fase da personagem, é praticamente manchar o que acontece após disso, que é a personagem se tornar uma das MELHORES personagens femininas da DC, a Oráculo. 


Hacker profissional e sinistrona nos computadores, a Oráculo foi durante muito tempo o cérebro das operações da Batfamília, da Liga da Justiça e também das Aves de Rapina. Mesmo tendo suas limitações físicas, a personagem usava a cabeça e ajudava como ela podia, e ajudava muito bem. Tanto que essa foi considerada muitas vezes a melhor fase da personagem dentro dos quadrinhos. E eu acho que tentar tirar apagar a obra do Alan Moore é querer desvalorizar a origem da personagem e o que ela passou pra ser o que é agora. Entendo que a nova Batgirl seja um novo símbolo do feminismo surgindo dentro da DC, mas por causa disso nós temos que esquecer a Oráculo e que um dia ela também foi frágil e aconteceu com ela o que pode acontecer com qualquer mulher? Estupro ou não, o que aconteceu com ela (a intimidade exposta, afinal o Coringa fotografa ela nua) continua sendo algo terrível e que pode acontecer com qualquer mulher por aí. E isso não deve ser deixado de lado como uma "mancha negra" na personagem. Isso só adiciona cada vez mais força à personagem em si, mostrando que mesmo depois disso tudo, ela tá aí chutando bunda de muito vilão e que com certeza isso não abalou em nada a força que ela teve pra continuar, mesmo com seus traumas. 


Tô pra ler as histórias da nova fase da Batgirl tem tempos, e depois dessa polêmica toda, lerei e quem sabe até gravo um Solocast falando sobre. Porém isso é pra outra hora. O que importa é que mesmo essa capa sendo para muitos "inapropriada", ou até mesmo agressiva, ela deveria ser mantida e ter sido lançada, afinal, todo mundo possui seus problemas e seus dilemas para lidar. Por que ao invés de ficarem reclamando da capa (que é uma variante, que se você quiser não precisa comprar com essa capa) pedir mais histórias da Batgirl lidando com esse tipo de problemas, mostrando que ela consegue guiar outras personagens a superar esse problema e continuar vivendo, já que ela fez o mesmo. A galera tem que aprender a direcionar suas indignações de uma forma mais racional e tentar ver que muitas vezes, uma capa na verdade pode ser algo bem maior do que simplesmente uma ideia que vá "manchar a personagem". Sendo que muito pelo contrário, só reforça que todo mundo tem seus medos e que devemos enfrentá-los por mais aterrorizadores que eles sejam. :D

Confira Também...

0 comentários