Explicando Convergência

Sobre a Convergência, voltamos ao universo pré crise ou seja todas as terras coexistem sem uma cronologia definida

Quem já leu, vai reconhecer isso como sendo a proposta do Mark Waid, que abordou todo o Multiverso dando o nome de "HIPERTEMPO", onde toda e qualquer linha temporal, paralela ou alternativa era "cânone", o que incluía diversos universos e até as versões alternativas da linha (Túnel do Tempo no Brasil). A Dc mais tarde cagaria para isso...

O Grant Morrison fez uma 'nova saga", chamada "Multiversity" onde já deu para ver que era mais um sinal de que as coisas já estavam mudando. Cada edição da história se passava em um universo diferente, Morrison usou os conceitos de Waid como “algo novo”, os Morrisetes vão considerar que é o Multiverso evoluiu, mas ele involuiu, voltou ao ser o universo o Hipertempo que a Dc tanto desprezou e o Morrisou copiou e trouxe de volta.

Não que ache isso ruim. Na verdade, como leitor "das antigas", acho isso ótimo, mas teve um motivo para que a Crise nas Infinitas Terras acontecesse, que era a total inconsistência e bagunça nas histórias, com membros as vezes de diversos universos que apareciam ao gosto do roteirista e até "mudavam de universo", sobretudo entre Terra 1 e 2... Isso afastou leitores do povão antes da internet existir com banco de dados heroicos.

A questão é se a DC vai ser uma editora de verdade para evitar inconsistências bizarras nas futuras histórias? Claro que não, é uma editora de quadrinhos cujo editor chefe são retardados como o  Diddio.

Confira Também...

0 comentários