Bizarrices da historia da Dc comics


A DC foi a primeira editora a publicar historias de super herois em quadrinhos,  originalmente chamada de National Allied Publications, sua primeira publicação foi New Fun The Big Comics Magazine.

Em seguida ela lançou a sua revista mais popular que seria o novo nome da empresa, a revista Detective Comics ou seja o nome Dc significa Detective Comics Comics.

Em 1938 iria se iniciar a era dos super heróis com a edição numero 1 de Action Comics com o surgimento do Super Homem.

A Dc assim como a Marvel lutou em um mercado instável de quadrinhos, com grandes altas e grandes baixas de vendas.

Após a caça as bruxas que os quadrinhos sofreram a Dc comprou quase todos os direitos de editoras menores e em seguida tentou recriar seus heróis para uma nova geração, foi ai que surgiram as novas versões do Flash (Barry Allen, o Flash II), bem como o Lanterna verde II (Hal Jordan).


Essas mudanças foram muito bem recebidas pelos leitores, com historias mais voltadas aos temas de ficção cientifica.

Isso levou ao fim da era de Ouro e ao inicio da chamada era de prata, mesmo a era de prata tinha suas próprias bizarrices, por algum motivo que irritava os fãs de quadrinhos, mas atraia os leitores ocasionais aumentando as vendas quando colocavam gorilas na capa ou simplesmente no meio da historia algum herói virava um gorila.

Foi uma febre durante o fim da era de ouro e o inicio da era de prata dos quadrinhos colocaram gorilas para venderem as revistas, foi ai que surgiu diversos vilões e heróis dos quadrinhos gorilas.

A Febre era tão grande que às vezes eram colocados nas capas mesmo nem aparecendo nas historias.


Em 2002 a Warner queria fazer um filme de Batman V Superman, alguns rumores indicavam o ator da serie Lois e Clark como o Superman, porem ( ou ainda bem) a historia não foi para frente, sem perspectiva a Dc resolveu reinventar  a franquia do Batman, o que eventualmente acabou levando a trilogia de filmes do Nolan, uma parte do script ainda pode ser encontrado facilmente na internet.

Na era de Ouro o Superman quanto Lois Lane na era de bronze viraram negros em algumas edições, no caso de Lois Lane foi para se infiltrar em uma matéria jornalística, nem vamos falar quantas vezes Jimmy Olsen se vestiu de mulher para se infiltrar em algum lugar.

Em 1978 o filme do Superman estabeleceu que o símbolo em seu peito era o brasão de sua família, isso foi logico copiado mais tarde pelos quadrinhos, que introduziram a ideia, em 2003 em uma nova revisitação o símbolo além de brasão de família tinha um significado que era esperança.

Em um quadrinho Bizarro o pai do Batman encontra um artefato Kryptoniano que materializa sua consciência em forma de holograma onde ele interage com o pai do Superman, que devido a conversa que teve com o pai do Batman acreditou que a terra era um lugar bom para se viver, sem falar que o pai do Batman usou a tecnologia Kryptoniana para ajudar a sua empresa.

Sim, devem existir muitas outras historias bizarras da Dc especialmente na era de ouro, mas resolvi deixar isso para outro dia, espero que tenham curtido o post.


Irei fazer outro sobre o universo Marvel.

Confira Também...

0 comentários