Jiraya, O Incrível Ninja! Vocês conhecem????????




Bem vindos meus amigos! Vocês conhecem?


No Japão há um seriado que fez sucesso, mas quando foi exibido no Brasil a audiência alcançou patamares estratosféricos.

Esta série é:

JIRAYA, O INCRÍVEL NINJA

Há 2300 anos, uma cápsula do tempo caiu no Japão feudal. 

Esta cápsula veio de um mundo muito avançado tecnologicamente, e dentro acreditava-se existir muito tesouros. O povo a batizou de Pako, a cápsula miraculosa, e acreditavam ser de origem divina, enviado pelo Senhor Todo Poderoso.

Muitas batalhas foram travadas pela posse de Pako, e muitas vidas foram perdidas. 

Contudo, houve uma grande terremoto e Pako acabou enterrada no solo profundo.

O príncipe Shotoku Taishi talhou em uma pequena placa um mapa a localização de Pako, e deixou a guarda desta inscrição aos cuidados de seu guerreiro mais confiável, o ninja Shinobu.

Com o passar dos anos, descobriu-se que Pako foi trazida à Terra por 2 navegadores. Um bondoso que possuía uma armadura vermelha e uma katana especial que poderia se tornar uma espada de energia. O outro navegador era maldoso e queria governar a Terra, seu nome era UCHUUNIN DELSTAR

O navegador bom decidiu prender DELSTAR em uma caverna, e lá o ser maligno permaneceu. 

O tripulante de armadura decidiu viver pacificamente na Terra entre os habitantes e formou uma família.

O tempo passou.


A arte ninja se propagou pelo mundo todo, criando vários estilos. Alguns ninjas se tornaram famosos com suas técnicas especiais e representam seu país de origem.

No Japão, o estilo TOGAKURE se tornou referência dentro do mundo dos ninjas. Este estilo é ensinado pela família IAMASHI, que além de ninjas são responsáveis por uma tarefa muito especial. 

O mestre Tetsuzan é o protetor da inscrição que revela a localização de Pako, mas um ninja de ídole ruim pretendia roubar Pako para seu intuito egoísta. Este era ONININ DOKUSAI. 

Ele tentou roubar a inscrição de Tetsuzan. 

Na luta a inscrição se partiu ao meio. Dokusai fugiu com uma metade, e Tetsuzan protege a outra.


A família IAMASHI, do estilo TOGAKURE, é formada por:

TETSUZAN IAMASHI
O patriarca da família e mestre da arte do ninjitsu. Ele é o responsável pelo treinamento de seus filhos.

TOHA IAMASHI
Personagem principal. É filho adotivo de Tetsuzan , teve seus pais mortos por um ninja maligno quando ainda era um bebê.

KEI IAMASHI
A linda filha do meio. Meiga e mimada, mas com senso de justiça apurado. Esporadicamente, KEI ajuda seu irmão nas lutas, trajando uma bela armadura branca e o codnome EMININ EMIHA.

MANABU IAMASHI

O caçula, tem espírito guerreiro, mas como todo moleque pentelho, é aloprado e afoito demais. Não se interessa por estudos, apenas em treinar a arte ninja da família. O garoto não conheceu sua mãe, pois a mulher foi morta quando ele ainda era bebê.


Já o ninja maligno Dokusai criou um grupo de ninjas traiçoeiros, covarde e maléficos, o CLÃ YOMA, que é formada por:

ONININ DOKUSAI
O líder e mais cruel de todos.
Além do objetivo de roubar a outra metade da inscrição e encontrar PAKO, Dokusai foi o responsável pela morte da esposa de Tetsuzan, que morreu em uma luta entre os dois quando Dokusai tentou roubar a metade da inscrição.

BENIKIBA
Filha de Dokusai, bonita e mimada, mas tão cruel quanto o pai, porém pouco habilidosa.

RETSUGA
Lacaio da família. Não possui parentesco com ninguém. É o protetor e auxiliar de Benikiba.

 
KARASU TENGU
Ninjas subalternos de Dokusai. Têm função primordial de espionagem. 
Têm cara de corvos e são pouco habilidosos, morrem facilmente, mas são imortais, reaparecendo no episódio seguinte sem qualquer explicação, igual ao personagem Kenny de SOUTH PARK. 
Se apresentam sempre em número de 3, mas em um episódio surge um pequeno exército de Tengus.


Para proteger a inscrição, Tetsuzan confia a Toha esta missão, para tal lhe dá uma armadura vermelha e uma espada especial. 

Esta armadura é feita de um metal raro que não é de origem terrestre, e a espada é uma katana feita do mesmo metal, mas nas mãos de Toha, tem a característica de tornar sua lâmina em energia, virando uma e9spécie de espada laser, esta é a ESPADA OLÍMPICA.

Munido destes artefatos, Toha assume o codnome de JIRAYA!

Toha sempre se questionou porque somente em suas mãos, a espada Olímpica se energiva. Depois lhe é revelado que ele é descendente do piloto bondoso que trouxe Pako para a Terra.

Daí ficamos sabendo que os IAMASHI tinham posse da armadura do piloto, além de sua espada!

A série tem como atrativo principal os ninjas mundiais, onde alguns estão a procura do Tesouro do Século PAKO, ou para fins egoístas ou para fins altruístas, por isso alguns ninjas acabam unindo forças com Jiraya para a defesa de Pako. E o visual destes personagens são extremamente exóticos, um espetáculo a parte.

Próximo do final, ressuscita UCHUUNIN DELSTAR, desejando se vingar de Jiraya pelo que seu antepassado fez o deixando aprisionado por 2300 anos.

Além de surgir a ninja maligna ARACNIN MORGANA, que se alia ao CLÃ YOMA, o deixando mais forte.

Estes fatos deixaram a série mais dinâmica a preparando para seu desfecho.
Jiraya fez um sucesso absurdo aqui no Brasil, tanto quanto Jaspion o fez.
A popularidade do ninja estimulou a molecada a procurar escolas de artes marciais com o intuito de se tornarem super heróis. Nesta época as escolas de artes marciais tiveram uma grande procura.
O motivo que levou Jiraya a alcançar boa aceitação são vários, vou citar alguns:

- O lado humano de todos os personagens foi muito bem explorado.
Toha, quando não estava combatendo o mal, estava trabalhando fazendo bicos para sustentar sua família. Este fato era bem enfatizado, e engraçado por vezes, pois como ele poderia perseguir os bandidos se seu carro não estivesse abastecido, ou se ele não estivesse bem alimentado?


Ainda cito que Toha estava constantemente treinando para aprimorar suas técnicas, pois cada vez mais enfrentava ninjas mundiais com diferentes capacidades e poderes.

- A trama era simples, envolvente e não se prendia a sagas complexas e mirabolantes.

- O carisma de todos os personagens combinava com a boa interação entre si. A família IAMASHI conseguia mostrar ser uma família de verdade, com brigas, birras de moleque e o afeto entre irmãos e o pai.


- As coreografias de combate eram muito bem feitas, com muito dinamismo.

- O enredo dos episódios conseguia criar uma boa expectativa para o clímax da batalha final que foi fantástica, uma saga final onde aparecem praticamente todos os ninjas da série, com poucas exceções.

- A trilha sonora é envolvente, dinâmica e muito empolgante. O tema de abertura ficou na memória de todos aqueles que cresceram assistindo o incrível Ninja.



Este Tokusatsu possue algumas curiosidades bem legais:

- Jiraya foi a 7° série da franquia Metal Heroes, onde o maior representante é o Gaban (ou Gavan). Esta franquia estava em decadência, pois desde SHARIVAN os Metal Heroes não apresentavam bom desempenho. Somente com Jiraya a franquia se revitalizou.

- O título original do programa é SEKAI NINJA SEN JIRAYA, traduzindo seria Jiraya, A Guerra Mundial dos Ninjas, enfatizando que cada país tem seus ninjas representantes.

- Jiraya foi o único desta franquia que não possuia poderes especiais ou veículos mirabolantes. Este fato deu ênfase em seu lado humano e contribuiu para seu sucesso. Mas em meados da série surge o todo imponente JIRAY SHIN, uma estátua gigante onde Jiraya pode incorporar e controlar, podemos julgar ser seu Robô gigante. Aqui a dublagem o chamou de DEUS JIRAY, uma tradução quase literal.

- O pai Tetsuzan é médico e um mestre ninja na vida real. Ele foi o responsável pela consultoria das cenas de lutas, onde observava a coerência dos movimentos com os do ninjitsu.

- O caçula MANABU interpretou o Ranger Amarelo (TIGER RANGER) no super sentai ZYURANGER de 1992. Este sentai foi o 1° a se tornar POWER RANGERS, e era ele que foi representado nos EUA pela Trinny. Por isso que a menina ficava com corpo masculino depois que morfava.


- O dublê que vestia a roupa do vilão Dokusai foi o mesmo que vestia a roupa do Gigante Guerreiro DAILEON, o robozão do Jaspion.


- Atriz que interpretou ARACNIN MORGANA é bem conhecida dos brasileiros. É Machiko Soga. Dentre várias vilãs, ela interpretou a Rainha Pandora em SPIELVAN, e foi a Rita Repulsa na 1° temporada de POWER RANGERS.


- A espada do Jiraya se chamava originalmente JIKÕ SHINKÛ KEN que ao pé da letra significa Espada de Vácuo Luminoso ótico Magnético. A nossa dublagem resolvou batizar de ESPADA OLÍMPICA, que de olímpica a espada nada tinha, mas o nome ficou legal, pegou e até hoje é lembrado.

- Os inimigos principais foram chamados pela dublagem de FAMÍLIA DE FEITICEIROS, pois o nome Clã Yoma tem tradução Demônio no nome, e não seria bem recebido por aqui.

- Lá pelo episódio 15, Jiraya enfrenta 2 inimigos muito fortes e sua armadura fica muito danificada. Mas seu pai Tetsuzan a levá para um cientista seu amigo e a armadura é reconstruida e recebe um visor e ombreiras que a deixa mais resistente. Neste ponto o visual de Jiraya fica mais com parecido com de um Metal Hero. Contudo depois Jiraya só usava estes complementos ao ativar sua espada para finalizar os inimigos.


A ORIGEM DO PERSONAGEM.


No Japão, o personagem Jiraya na verdade faz parte de um conto chamado Jiraiya Gōketsu Monogatari, O CONTO DO GALANTE JIRAYA.

Neste conto, ele é um ninja habilidoso que possui a capacidade de se transformar em um sapo gigante. O nome significa JOVEM TROVÃO.

Quanto às séries de TV, o Jiraya que conhecemos não foi o único personagem a receber este nome.

No animê NARUTO há um personagem que se chama Jiraya que é um dos mestres responsáveis pelo treinamento de NARUTO. O mestre Jiraya é chamado de GAMA SENNIN, o sábio dos sapos.

No super sentai KAKURANGER de 1994, temos o NINJA BLACK JIRAYA, onde seu Zord é um sapo gigante, devido ao personagem da lenda.

A série contabilizou 50 episódios e revitalizou os Metal Heroes.


Seu sucesso foi tanto que houve a possibilidade de haver uma continuação no ano seguinte, mas a Toei mudou de idéia e lançou POLICIAL DE AÇO JIBAN!

Mesmo assim, Jiraya é lembrada com carinho pelos fãs de Tokusatsu como a série que, junto com Jaspion, mostrou aos Brasileiros um novo modo de fazer entretenimento de um herói super carismático e diferente, afinal que jogue a primeira pedra quem de vocês nunca quis ter uma Espada Olímpica e lutar contra os malvados.
Abertura do seriado aqui no Brasil!!!



O que vosmecê acha dessa matéria supimpa? Cara, o que tenho a dizer é que, Jiraya foi o tema da minha festa de aniverário de seis anos, e achei foda pra caralho! Agradecimento especial, ao pessoal da Masmorra do Urso!!!!!!!! Jiraya forever!

Confira Também...

0 comentários