Top Retcons mais radicais já feitos


Top Reatcons mais radicais já feitos

Primeiro o que é um Retcon? Um retcon meu jovem é quando um personagem muda sua origem ou uma parte da sua origem ou de sua continuidade sem zerar ou afetar a cronologia geral do universo, não é um reboot, mas é uma mudança normalmente criada para atualizar o personagem, a palavra reatcon significa literalmente continuidade retroativa, o tipo de coisa que só os quadrinhos podem inventar.

Uma Observação: Claro que houveram muito mais Retcons, porem resolvi escolher aqueles que mais afetaram os leitores no meu ponto de vista.
Batman indeciso
Nas primeiras historias do Batman ele espancava criminosos com um pé de cabra e não se importava muito em matar, apesar de tentar manter eles vivos para serem presos, como vários escritores escreviam o personagem e não havia cronologia ou preocupação com continuidade o personagem tinha vários conceitos em um Batman era contra matar, em outro ele podia matar, mas tentava manter os criminosos vivos para ser preso, em algumas odiava armas e em outras usava metralhadoras sem problema.

A DC durante a década de 60 tinha acabado de passar pela caça dos quadrinhos que destruiu muitas editoras e a DC se tornou praticamente a única editora de super heróis, A Marvel estava focada em revistas de romance escritas pelo Stan Lee entre outras temáticas antes de Kirby e ele se unirem na editora, durante a reformulação que trouxe novas versões dos personagens clássicos como Flash, Lanterna verde como conhecemos hoje e a criação da liga da justiça foi necessário criar um novo conceito para o Batman, então foi deixado claro que Batman não matava e odiava armas.
Mais tarde foi dito que esse fato é por causa de que a morte de seus pais foi provocada por uma arma, em uma das historias de Reatcon chegou a mostrar que Batman usou armas de fogo em seu primeiro ano até acidentalmente acertar e quase matar um inocente, Batman então deixou de usar armas de fogo, tudo isso antes da crise das infinitas terras, apesar de algumas historias pós crise abordarem esse tema, o Batman voltou a ser nessa época o personagem mais importante junto com o Superman do universo DC.
Hal Jordan Lobotomizado
Durante muito tempo tentaram transformar os Lanternas Verdes em demolidores, apesar de todo o ser humano ter medo era dito que os lanternas verdes não tinham medo, quando o anel foi entregue a Hal Jordan antes ele havia sondado as pessoas que menos tinham medo entre os humanos ( pois todo o humano tem medo), ele cita Bruce Wayne, Clark Kent, John Stewart, Guy Gardner e Hal Jordan, porem Hal Jordan era o que estava mais próximo do anel, ao pegar o anel ele sofre uma lobotomia que “desativa” a parte do cérebro responsável por ter medo dele, também muda seu comportamento, mais tarde isso foi desconsiderado e modificado que os lanternas verdes sentem sim medo, porem são os que tem maior capacidade de superar o medo, afinal superar o medo se chama coragem.
Capitão América sem soro de super soldado
O Soro de super soldado nada mais é do que um esteroide do governo, tudo bem que o que faz o capitão américa ser ele não é o soro, mais sim Steve Rogers, sua coragem e ingenuidade, isso já foi provado milhares de vezes, porem a cada 10 anos a Marvel resolve tirar o soro dele e o fazer ou ficar velho (como vemos agora) ou com problemas físicos (como já vimos nos anos 90), somente para poder provar que o capitas pode se virar sem o soro e continuar sendo o capitão américa ( exceto hoje em dia que passou o manto para outra pessoa, mas ele continua atuando como super soldado).
Não é culpa do Tony Pinga
Não importa o que o Tony Pinga faça a Marvel inventa um reatcon safado para livrar a cara dele, uma das mais marcantes foi ele lobotomizar a si mesmo em reinado sombrio para se esquecer de todas as merdas causadas por ele, para assim pagar de inocente, fato que acredito que a Marvel vai fazer de novo após guerras secretas, ignorando toda a merda que ele fez em o superior homem de ferro.
Homem Aranha e seus clones
Uma das piores e mais marcantes sagas do homem aranha foi à saga clone, a qual Peter Parker descobre que é um clone de si mesmo ( que loucura hein? ) essa historia remonta de uma historia da década de 70, onde o chacal cria vários clones do homem aranha e de seus familiares, incluindo a Gwen Stacy, no final o homem aranha mata seu clone o jogando de um prédio, porem o clone havia sobrevivido e vivido escondido até que o chacal ataca novamente, no final Peter faz um exame e descobre que é o clone e acaba se afastando de ser o homem aranha, mais tarde se descobre que o exame foi modificado pelo chacal para ferrar a vida do Peter Parker.
Hal Jordan não é culpado de nada
Crepúsculo esmeralda foi sem sombra de duvida uma das melhores e mais humanas historias do Lanterna Verde, criou a personalidade do Hal Jordan que seria explorada em todas as versões mais para frente da Cronologia.

O problema foi que Hal jordan virou um vilão em Zero hora após tomar o poder da bateria dos lanternas verdes, Geoff Jones um grande fã assumido do personagem resolveu inventar que tudo foi culpa de um parasita espacial cósmico que ficava escondido na bateria central, quando Hal Jordan foi fazer uma das recargas ele contaminou a mente dele o fazendo ser mal e ter cabelos brancos (serio mesmo pessoal), ele tem sua alma purificada pelo Espectro (serio mesmo), quando ele volta a primeira coisa que ele faz é usar o anel para socar a cara do Batman (serio mesmo).

Nos novos 52 houve outra reformulação que o evento de crepúsculo esmeralda nunca aconteceu! Isso mesmo ! O anel foi entregue para Kyle Rayner após ele sair de uma festa bêbado!
Nem é preciso dizer que isso criou vários furos cronológicos já que a revista do Lanterna verde foi uma das poucas (junto com a do Batman) que continuou quase sem mudança nenhuma da ultima edição.


Confira Também...

0 comentários