Hulk Hogan tirado do Hall da Fama da WWE por fazer declarações racistas em sextape


Considerado uma lenda da luta livre fake, Hulk Hogan teve uma péssima repercusão de sua sextape com a mulher de seu melhor amigo que caiu na net em 2012. Reportagem recente mostrou trechos onde Hogan fez comentários considerados racistas, o que levou a WWE a romper o contrato que tinha com ele como jurado do programa  Tough Enough e de uma futura luta como parte do evento Wrestlemania. Recentemente foi divulgado um aúdio onde ele faz outros comentários racistas num programa de rádio.



Entrevista do "lutador"  no rádio

Depois de ser polvado da liga, o rapaz ainda tuitou um "pedido de desculpas".



A frase dita no vídeo (que parece não estar mais on-line, mas que quem achar pode linkar nos comentários para conferência da história) que causou a demissão foi:

"Eu preferia que ela estivesse transando algum negro do que ter ela casando com um negro de 2,50 m que valesse milhões de dólares, como um jogador de basquete"


Brooke Hogan, filha de Hulk

Heather Clem tomando um suco depois da sextape

Em 2002 Hogan teve uma controversa luta com The Rock (amigo do Dwayne Johnson), onde chamou o Adão Negro de nigga.




Hulk Hogan é mais conhecido do público nerd (velhaco) por sua participação no filme Rocky 3 - O Desafio Supremo, onde interpretou o lutador Thunderlips, A Montanha da Luxúria, espancando fortemente o garanhão italiano antes da luta terminar num empate.



Confira Também...

0 comentários