Kurumada e Aldebaran, uma história sem explicação!


Então, caro leitor, você que acompanha nossos podcasts, já deve ter escutado vários vezes a minha indignação e dúvida sobre a "não morte" do Aldebaran de Touro, no mangá de Saint Seiya. Mas para você que está perdido e não sabe do que estou falando, vou explicar: No mangá, depois que os cavaleiros de bronze derrotam o Saga na batalha das doze casas, eles entram em coma e ficam internado num hospital. No volume seguinte começa a saga de Poseidon (a saga de Asgard é só no aime) e, logo de cara, Sorrento de Sirene vai até o hospital para tentar acabar de vez com os bronzeboys. Mas, antes que ele tente fazer alguma coisa, eis que surge o cavaleiro de ouro brasileiro, Aldebaran de Touro. Sim...é aí que acontece uma das maiores cagadas do Kurumada no mangá!

 Tinha tudo para ser a "mitagem" do Albeba!

Pois é, Aldebaran aparece todo pomposo e a grande luta começa. O engraçado é que o Cavaleiro de ouro poucas vezes leva vantagem no embate. E, entre muitos "Não Acredito", Aldebaran vai levando uma sonora surra. Como se isso não fosse o suficiente, ainda temos a cena que, possivelmente, é a coisa mais vergonha alheia na história dos mangás, o Aldebaran entrando na armadura, igual à uma tartaruga. 


Com uma zoeira maior que a velocidade da luz, Kurumada continua fazendo o Cavaleiro de Ouro ser humilhado. E lutando contra o Sorento e contra o próprio autor, Aldebaran não vê não outra solução e estoura os tímpanos. Pobre Albeba, se tivesse assistido no anime a luta do Siegfried, saberia que isso não funcionaria contra o Marina. Conclusão, mais surra pra cima do brasileiro.
No anime, essa surra foi transferida para o Siegfried!

Então chegamos à conclusão da luta. Depois de apanhar igual uma mala velha, estourar os tímpanos e se esconder dentro da armadura igual uma tartaruga, Aldebaran não tem opção, senão usar um golpe suicida. Sim, meu amigo, UM GOLPE SUICIDA. O cavaleiro de Touro se explodiu, numa cena muito parecida com o mesmo pergonagem, na parte das doze casas na temporada de hades. O fim do Touro é tão certo que, o próprio Sorento reconhece o valor do oponente. A armadura de Touro ainda tenta proteger os jovens de bronze, mesmo depois da morte do seu dono. E outra cena que comprova isso, é a lamentação do Mu quando sente que o cosmo do cavaleiro dourado sumiu! Só mais uma coisa, o Sorento saiu ileso depois do golpe suicida do Aldebaran!

Depois disso

http://i.imgur.com/
Aldebaran aparece vivinho da Silva aqui. Embora, não dure muito tempo!


O que vosmecê acha dessa, velocidade da luz, do Kurumada? Bom, espero realmente que você, assim como eu, esteja sem entender nada. Vejam, trouxe "fatos verídicos" (entenda: cenas do mangá) que comprovam a genialidade ou total falta de noção do Kurumada, ao escrever o mangá de Saint Seiya. Kurumada: "ISSO NÃO FAZ SENTIDO. VOCÊ MATOU O ALDEBARAN, NÃO PODE TRAZÊ-LO DE VOLTA SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO!" Por favor, se alguém tiver uma explicação plausível para isso, me explique e me ajude a entender a singularidade do mestre. E mesmo depois de tudo isso, o tíutlo do post continua valendo: Kurumada e Aldebaran, uma história sem explicação! Valeu

Confira Também...

0 comentários