Representatividade importa!

http://imguol.com/c/entretenimento/99/2016/01/11/

O site iria fazer um podcast abordando o assunto, mas como não aconteceu, resolvi escrever mesmo.

No início, o Mdm fez uma matéria falando sobre uma, aparente, baixa procura pelo boneco do Finn, um dos protagonistas do novo filme da franquia Star Wars. Ao mesmo tempo, aqui no Hqfan, fiz uma enquete perguntando para os leitores: qual boneco da saga eles comprariam, caso tivessem dinheiro para apenas um. Logicamente, achar que NÃO existem pessoas que não compram o boneco apenas por ele ser negro, é assinar o atestado de burrice. Porém, se um brinquedo "encalha" nas pratileiras, alguns números, também, podem ajudar a entender a razão disso.

Bem, tudo isso que falei é verdade e segue uma lógica. Todavia, quando uma mãe divulga a foto do seu filho de quatro anos de idade com o boneco do Finn e, esta mesma foto, é denunciada no facebook por NUDEZ; qualquer lógica e racionalidade são jogadas no lixo. Não existe versão ou um lado para tornar algo assim explicável ou aceitável. Já dois grandes erros são cometidos pelo oligofrênico que denunciou esta foto:
 1) É uma criança.
 2) É uma criança com um brinquedo. 
Foto de criança. E com brinquedo. Me desculpa, mas você não é menos que um imbecil. E denunciou por nudez; isso faz menos sentido ainda.

Diante da grande repercussão que este ato inexplicável teve, o ator Jonh Boyega, o Finn, mandou uma mensagem de apoio ao garoto. E tenho certeza que foi algo feito pelo ator sem visar engradecimentos, pois a criança é brasileira, e os americanos e o resto do mundo simplesmente ignoram os brasileiros. Para eles, passamos o dia todo jogando futebol, sambando e jogando capoeira. Por essas e outras razões, parabéns ao Boyega.

E para concluir, tivemos a entrevista do Uol com a mãe do garotinho e depoimento do mesmo. Se nada do que você viu antes conseguiu te sensibilizar, as palavras da criança mudará isso. Perguntado porquê escolheu aquele boneco, o garoto respondeu: "É pretinho igual a mim!"

http://www.meionorte.com/uploads/imagens/2016/1/12/

O que vosmecê achou disso? É difícil dizer como a pessoa que denunciou a foto vê as coisas. É realmente insano isso.
Vejam bem, não sou nenhum tipo de ativista, aliás, acho que por muitas vezes, eles mais atrapalham do que ajudam. A opinião deles é única e irrevogável. E se você discorda dizendo que existe algo mais do que o "sim ou não", você é taxado como o mal maior. Na verdade, até quando concorda com eles, te acham errado. Mas estou divagando.
Para resumir, quero colocar as palavras da mãe do garoto: "Ele nem sabe ainda o que é 'Star Wars', mas sabe que o boneco é igual a ele. Representatividade importa!"


Confira Também...

0 comentários