Segundo o Episódio G, a Casa de Libra continuou no futuro!!


Então, caro leitor, a continuação do Episódio G, o Assassino, segue de vento em polpa. Para quem não sabe, nessa história o Shura e o Aioria são enviados para o futuro para combater um inimigo que quer bagunçar toda cronologia de Saint Seiya. Incrivelmente, este inimigo não é o Kurumada!
Mas, no capítulo quarenta e quatro do novo mangá, algo diferente chamou a atenção. Numa conversa entre o Shura do passado e o Shun do futuro, o já  adulto cavaleiro de Andrômeda revela que o seu amigo, Hyoga de Cisne, tem uma filha. Até ai nada demais, o "inusitado" nesse caso é: o Shun é visto como a mãe da menina, por ajudar na criação da filha do amigo, ter morado muito tempo com o Hyoga e depois que a criança nasceu, passar muito tempo com a mesma. O cavaleiro de Cisne e pai da criança, trabalha como garçom para sustentar a casa! Veja você mesmo e entenda melhor!

http://unionmangas.com.br/leitor/mangas/Saint%20Seiya%20Episode%20G:%20Assassin/44.5/


http://unionmangas.com.br/leitor/mangas/Saint%20Seiya%20Episode%20G:%20Assassin/44.5/

O que vosmecê achou disso? Para quem não entendeu, esse de óculos é o Shura de Capricórnio e o outro é o Shun. Apesar do desenho não mostrar isso, o Shun é o mais velho nesse caso, já que o Shura foi para o futuro como um adolescente.
Quanto à referida cena da postagem, todo fã de Saint Seiya sabe da famosa cena que aconteceu na Casa de Libra, quando o Shun deitou em cima do Hyoga para esquentá-lo. Depois disso, a zoeira para os fãs virou eterna. Para ser sincero, acho muito legal a atitude do escritor de colocar que a criança é criada por dois homens, independente de serem gays ou não. Como o Shura mesmo falou: "É melhor mesmo ter dois pais para educá-la. E é criada pela formação de vários laços!"
 Apesar de bem confuso, esse mangá apresenta algumas ideias interessantes!

Confira Também...

0 comentários