Guerra Civil: O Soldado, o Fusca e a história jamais contada!



Então, meus amigos, com certeza os chefões da Marvel devem ter entoando versos parecidos com o do "cão arrependido," depois de assistirem ao filme Capitão América: Guerra Civil. Sim, provavelmente eles estavam se lamentando por terem deixado Joss Whedon ainda dirigir o segundo filme dos Vingadores. Lamentaram por não terem entregue Os Vingadores para os irmãos Russo. Porque, simplesmente, os irmãos diretores entregaram o melhor filme da empresa. Guerra Civil não é menos que maravilhoso. 
Um filme que consegue te fazer rir, mas também emocionar; Um filme que consegue te fazer sentir pena, mas também raiva de alguns personagens. Basicamente, Guerra Civil cumpre o que promete: Entretenimento ao máximo e, acima de tudo, consegue de fato mudar o status quo do Universo Cinematográfico da Marvel.

Não falarei sobre o plot principal, porque com certeza vocês já leram umas mil vezes por aí. Todavia, se vocês não assistiram ao filme, tenham certeza que os trailers praticamente não dizem nada sobre a película. Não existe apenas uma guerra acontecendo, mas várias ao mesmo tempo.


Esta cena enganou todo mundo direitinho!

Bom, nesse texto quero falar como fã, e quão gratificante é você assistir um filme como este. Mas, se engana quem pensa que na opinião, a Marvel acerta sempre. Pelo contrário, várias vezes lamentei o fato da Marvel desperdiçar oportunidades para fazer filmes épicos como o "Era de Ultron" e até o primeiro Vingadores, que na minha visão, o sucesso se valeu mais pelo ineditismo do que pelo filme em si. Mas em Guerra Civil tudo é diferente; Você vê quase quinze heróis no mesmo filme, e tem aquela sensação maravilhosa de que aquilo não poderia funcionar de outra forma; De que aquilo é realmente uma vitória para os fãs.

Que me desculpem os contrários à isto, mas vamos comparar sim. "Ain, é muita bobagem comparar Batman v Superman com Guerra Civil. Isso é errado!" Não, não é. Somos fãs, leitores de hqs, é isso que fazemos o tempo todo. E mais do que isso, somo seres humanos: o nosso passatempo é comparar as coisas.
Comparamos os nossos times de futebol; Comparamos os nossos vídeo-games; comparamos os nossos sofás; Comparamos as marcas dos extratos de tomate; Comparamos até a salada de maionese com a, injustiçada, salada de repolho! E não podemos comparar dois filmes de super-heróis das duas maiores empresas do gênero? Sim, meus amigos, podemos sim. E é isso que vamos fazer.

Ben Afleck não gosta de salada de maionese!

Pois é, Batman v Superman já passou e até agora os fãs procuram o filme de super-heróis da Warner/Dc. Não me entendam errado, mas tivemos um filme com simplesmente os dois maiores ícones do gênero; E de quebra ainda tivemos a Mulher Maravilha. 
Por mais que alguns fãs da Marvel não admitam, Superman e  Batman são os personagens mais conhecidos das hqs. Podem não ser os mais queridos, mas com certeza são os mais conhecidos. E talvez esteja aí, a maior frustração dos fãs. Pela primeira vez tivemos os dois ícones juntos na mesma produção, com todo dinheiro e tecnologia disponíveis, e basicamente, o filme não aconteceu. E isso é um fato.

Já em Guerra Civil tivemos doze super-heróis; E de quebra, a Agente Carter. São muitos personagens juntos num filme? Sim, com certeza é. E está é a maior virtude de Guerra Civil. Ninguém está ali por acaso, todos têm o seu momento, todos são importantes para a trama e, o mais importante, tudo funciona de forma esplendorosa. No que a Warner/Dc fracassou, a Marvel acerta com louvor: A Marvel pegou os seus dois maiores ícones da atualidade, Capitão e Iron Man, e, só para não deixar dúvidas, adicionou o mais queridinho de todos, o Homem-Aranha, e fez um grandioso filme de super-heróis. Porque é como escrevi antes, Superman e Batman podem ser os mais conhecidos, mas o Aranha é de longe o mais querido. E nem juntando três medalhões, a Marvel decepcionou. Pelo contrário, tirou o melhor de cada herói. Para vocês terem noção do acerto, temos a célebre frase do Aranha para o Stark (spoiler viu): "Nesse trabalho de vocês, tem dinheiro envolvido?" Cara, aquilo foi sensacional. E, o melhor de tudo, não aconteceu num sonho dentro de um sonho, ou numa pasta de pen drive.

Peço desculpas mais uma vez para os fãs da Dc pelas comparações. Embora, ache que eles deveriam ser os primeiros a ficarem chateados por terem feito aquele filme com os seus dois maiores personagens. Mas, cada um com a sua razão. Eu gosto de todos os personagens, por isso fiquei muito frustrado com BvS.


Para concluir, Guerra Civil não é apenas um filme com heróis saindo na porrada. Tem isso, e todos estão ali por uma razão, todavia, Guerra Civil é muito mais do que isso: É como se fosse a realização do sonho de qualquer moleque (brasileiro) que começou a ler os formatinhos da Ebal, passou pela Abril e agora Panini; Guerra Civil é tudo que os dois filmes dos Vingadores e o BvS deveriam ter sido.
No final das contas, Guerra Civil é um filme sobre o Soldado, um Fusca, e uma história que jamais foi contada; Mas quando a descobrimos, temos a melhor cena de todas!
Parabéns para a Marvel. Parabéns à todos os envolvidos!

Não tem lugar melhor que a nossa casa!

Confira Também...

0 comentários