Diretor de Esquadrão Suicida diz que fez os atores cair na porrada


Após  as incríveis notícias que Leto haveria matato o topogiggio e enviado para a Arlequina na tentativa de ver os lábios da rata dela, além de tomar toddynho sem usar o canudinho numa clara ofensa a Will Smith, mais uma tentativa forçada de marketing idiota foi impetrada pelo diretor de Esquadrão Suicida 

Em entrevista ao Yahoo! Movies, o diretor David Ayer revelou mais uma história bizarra sobre a produção:

“O ensaio dos atores foi muito intenso. Não foi um ensaio normal, a gente conversava sobre suas vidas, as suas histórias, e realmente fiz que eles se abrissem uns com os outros. Eu também os fiz lutar. Eu colocava eles pra brigarem uns com os outros. Você aprende muito sobre quem a pessoa realmente é quando você dá um soco em seu rosto. Foi nesse momento que os atores se revelaram”, afirmou.
Esse tipo de publicidade vem sido usada com frequência na divulgação desse filme, e esse pretenso marketing beira ao ridículo se a gente lembrar que a primeira regra do club da luta é não se falar sobre ele. 
Quero muito mesmo que exista um filme bom do Will Smith nessa década, mas está me parecendo mais fácil o Freddie Mercury voltar a vida para é clamar do uso da música dele num filme com uma organização tai infantil.
Espero estar errado no dia dia 5 de Agosto!

Confira Também...

0 comentários