Arrow E06 S04 - Temos um Constantine!

Sim, eu sei que assisto tudo atrasado. Mas, em minha defesa, digo que tenho um cachorro, e este é muito temperamental. Então não dá para ficar assistindo tudo de vez, tenho que passear com o cachorro.
 
Bom, eis que numa das minhas horas de folga, estava passando a nova temporada de Arrow no Canal Warner, e, vejam vocês, o episódio em que o Mago Constantine estréia no Arrowverso (aquele com o Flash, Arrow e Legends of Tomorrow).

Para começar, direi que nunca fui um grande conhecedor do personagem nas hqs. Para ser sincero, só fui saber da existência do mesmo, depois do filme do Keanu Reeves. Sim, mas por outro lado, acompanhei todos os episódios da extinta série da Nbc, e não serei modesto em dizer que a série era agradabilíssima. Não só para mim, que não era um profundo apreciador do personagem, mas para muitos e verdadeiros fãs do Mago. O que torna uma verdadeira incógnita a razão do cancelamenteo da série. Sim, é claro que sabemos que a audiência era baixa para os padrões do canal. Mas vejam, Supernatural já está na sua décima temporada (?), e os quinze capítulos do programa do Constantine não deixaram nada a dever para a série dos irmãos Winchester. Se bem que, para um povo que consegue transformar Crepúsculo, Jogos Vorazes e Divergente em franquias bilionárias, não dava para esperar muito dos americanos.

O fato é que a série foi cancelada, e o destino do Mago ficou mais incerto e duvidoso do que a presidência  do Waldir Maranhão na Câmara.

E quando tudo parecia perdido, com o próprio Matt Ryan já tendo jogado a toalha, surge Stephen Amell se declarando fã do personagem e do ator, e praticamente confirmando uma participação deste em Arrow. E tal como a sua laboração na WWE, Amell mostra que não é só de palavras e finalmente temos o Matt Ryan na série do arqueiro! 


E diferente de Batman v Superman (cara, tu não gosta mesmo desse filme, não é?) o episódio não é um puro fanservice sem sentido. Não poderia ter existido um momento melhor para trazer o Constantine para série. Aliás, não existe um personagem no Dc Universe que poderia fazer o que o Constantine fez naquele episódio: localizar a alma de um corpo ressuscitado.

O capítulo de fato é bem construído e trabalho, porém, acima de tudo, a atuação de Matt Ryan é sem igual. Se o Chris Evans é o Capitão América e o Hugh Jackman é o Wolverine, Matt Ryan é sem dúvida alguma o Constantine dessa época. O ator consegue passar toda canastrice, malemolência e sagacidade que o personagem exige. E o melhor de tudo, ele se diverte fazendo isso - a cena da pena de pavão é acima de oito mil em diversão. 
Não tenho dados neste momento, mas na época de exibição do episódio, li em alguns sites gringos que ele foi bem aceito pelos fãs em termos de audiência e crítica.

Ainda não sabemos o que de verdade acontecerá com o personagem. Alguns dizem que ele entrará de fato para o Arrowverso, alguns afirmam que ganhará uma série para a Netflix. Mas, o fato é que Constantine retornou de vez para os planos da Warner, e com certeza isso só foi possível graças à contribuição do ator, dos fãs e muito graças ao Stephen Amell e sua série.



Bom, Matt Ryan e seu Constantine é uma grata surpresa. Antes disso, apenas conhecia o ator por sua participação num filme com o Bradley Cooper. Estou torcendo muito que ele entre de vez nesse universo das séries e futuramente volte a ganhar o seu próprio programa. Parece que o Constantine seguiu a risca aquele ditado: "As vezes é preciso dar um passo para trás, para depois dar dois para frente!" Até a próxima

Confira Também...

0 comentários