As Bankais de Urahara e Shunsui: Faltaram os aramefu, mas sobrou preguiça para o autor!

Sim, voltei a ler Bleach. E provavelmente estou mais atrasado neste mangá, do que o Gustavo na fila para perder a virgindade! 

Pois é, depois da grande insistência do meu amigo Madruga Jackson, resolvi voltar a acompanhar o mangá de Bleach. História esta que já me deixou bastante irritado com as suas enormes incoerências. Mas vejam, estamos falando de um mangá, então errado é quem espera algum tipo de lógica nisso. Ainda mais sabendo que o escritor dessa história em particular, o Tite Kube, é fã declarado do Mestre Masami Kurumada.

Sim, mas é como dizem: "Quem não tem o que fazer, inventa!" Então, de bom grado, recomecei a empreitada nas sandices do Kube. Muito empolgado e esperançoso em conferir o momento das Bankais liberadas do Urahara e do Shunsui - que outrora já foi o meu personagem favorito

Eis que depois de algumas lutas mais chatas que Batman v Superman, e outras aceitáveis, chega o derradeiro momento no qual Shunsui libera a sua Bankai pela primeira vez nas páginas do mangá. Olha, vejam bem: diante de todo mistério que foi colocado ao redor do personagem, a importância do mesmo depois de ter se tornado o Capitão Superior do Goten 13, achei a Bankai bem mais ou menos. Cadê os Aramefu, lasers, energia fluindo de todos os lados desrespeitando todas as leis da física? E para piorar, o Shunsui não conseguiu nem vencer sozinho o seu oponente, ainda precisou da ajuda da Nanau. Uma DECEPÇÃO!

Mas, tudo bem, o meu amigo Madruga disse que um pouco mais à frente seria mostrada a técnica suprema do Kisuke Urahara. Se tem um personagem que todos os leitores de Bleach queriam ver a Bankai, este é o Urahara. Desde que foi mostrado que ele era um Capitão, tenho certeza absoluta que todos os leitores ficaram na expectativa de conferir este momento.

Então, sem perder tempo, fui novamente passando por todas aquelas batalhas que te fazem bocejar bastante, até que chego na página do grande ápice, e... "Porra, mas é a Bankai do Shunsui!" Sim, parecia que estava num looping dentro do mangá. O grande momento, o acontecimento do Urahara... não aconteceu. O preguiçoso do Tite Kube praticamente repetiu a Bankai do Shunsui com o Kisuke Urahara. É basicamente a mesma personagem feminina, além dos efeitos serem bastante parecidos: A do Shunsui transfere os ferimentos dele para o oponente e ele se cura. A do Urahara... ele se cura. Porra, Tite Kube! Que preguiça FDP foi essa? Conseguiu transformar dois momentos super esperados pelos leitores, em duas grandes decepções. A do Urahara então, foi a imitação da decepção!

Aí sim, cheia dos aramefu e coisas sem sentido!

Sim, depois disso lembrei porque parei de acompanhar Bleach. Se tem algo que o mangá pode dizer que é diferenciado, é a empolgação que desperta nos leitores para conferirem as Bankais dos personagens. Mas quando até isso o escritor consegue estragar, fica difícil manter o ânimo da leitura. Não vou nem comentar que já apareceu algo como uma Bankai do Zaraki, mas como não ficou claro se era isso mesmo, darei o benefício da dúvida. Talvez se a Unohana voltar e mostrar a sua Bankai, posso dar mais uma olhadinha, talvez! Até a próxima!!!!!!!!!!!

Confira Também...

0 comentários