Blade o primeiro filme que provou que a Marvel poderia vender nos cinemas


Muitos citam adaptações como X-Men ou Homem aranha como percussoras em trazer os quadrinhos ao cinema e fazer sucesso, porem Blade ( de 1998) foi o primeiro filme da Marvel estúdios a gerar lucro e continuações no cinema.

Blade 1 foi escrito por David Goyer escritor de quadrinhos que ficaria conhecido por suas adaptações em roteiros de super heróis no cinema, produzido pela Marvel Entertainment em seu então pequeno estúdio chamado Marvel Estúdios que mais tarde cresceria e seria um estúdio próprio da Marvel no cinema.

Distribuído pela New Line cinema com uma estética própria usando roupas de couro, inspirou filmes como Matrix e X-Men em seu visual e clima, mais serio que a maioria dos filmes de quadrinhos, ainda tirou do limbo produções que viviam sendo engavetadas como Homem Aranha de Sam Raimi.

Blade teve um modesto orçamento para os padrões de Hollywood (45 milhões de dolares) e arrecadou cerca de 131 milhões de dólares só nos estados unidos

(visual original de Blade que mudou nos quadrinhos graças ao filme)
Blade é um exemplo de um filme que modificou positivamente a mitologia de um personagem de quadrinhos, nos quadrinhos de Blade os vampiros eram muito desorganizados e menos humanos, porem no filme adotaram uma postura de sociedade secreta, bem parecida com o RPG de sucesso nos anos 90 chamado Vampiro a Mascara, onde as sociedades vampíricas dominavam o mundo nas sombras, sem falar em atualizar o visual de Blade que se tornou marcante, todos esses elementos migraram aos quadrinhos, tornando eles mais interessantes.

Blade foi um tiro no escuro que deu certo, ainda inspirou o ator Wesley Snipes a coescrever um roteiro com David Goyer para o filme do Pantera Negra, algo nunca antes imaginado de acontecer no passado, em que a maioria das adaptações de quadrinhos eram vistas como filmes de baixo orçamento.

Se hoje temos grandes produções de filmes de super heróis, isso se deve a Blade 1, um clássico do cinema, que é muitas vezes esquecido por grande parte da cultura nerd.

Confira Também...

0 comentários