Exemplo de roteiro fraco: Quando é necessário inferiorizar um personagem para substituir ele


Quando o Capitão America foi substituído pelo Falcão transformaram o personagem em um idosos e tiraram seu soro de super soldado, mesmo assim muitos fãs ainda consideravam o personagem o verdadeiro Capitão, mais tarde a Marvel transformou o personagem em um agente da Hidra na tentativa de sepultar o personagem.

Sacrificar seus personagens para criar polemica e tentar vender mais parece ser o lema da Marvel ultimamente, ela não tenta criar personagens melhores que os anteriores, mas sim inferiorizar os antigos para valorizar os novos.

Esse tipo de tática de roteiro é antiga, mas tem o lado ruim de diminuir o universo ao redor dele, os maiores exemplos de legado como Flash III( Wally West) foi que ele valorizou Barry Allen mesmo após sua morte, não tentou antes destruir seu antecessor, mas sim mostrar que eram personagens diferentes em suas personalidades, menores e maiores em certos aspectos, um dos grandes defeitos das mudanças ocorridas na Marvel foi justamente esse.

Mesmo no passado quando personagens eram substituídos por novos como no caso do Thor por Bill raio beta, era mostrado que Thor era tão nobre quanto seu sucessor e que eventualmente ambos tinham o mesmo nível de poder, mas eram personagens diferentes, ao contrario que aconteceu agora com a nova Thor cujos roteiristas precisaram diminuir Thor, o tornar um verdadeiro babaca indigno para poder a editora criar a nova Thor fato que diminuiu ambos os personagens perante os leitores.

O Homem de ferro ganhou uma nova sucessora, mas antes tiraram a extremis dele, o tornaram um babaca a enésima potencia, chegando a confrontar o Demolidor porque o Homem de ferro vendia aplicativos de poder.

O que vemos atualmente com uma saga de Guerra civil 2 com uma trama porca que parece uma copia de Minority report e utiliza o nome por causa do hype do filme, é um universo Marvel limitado e cada vez menor, cujas sagas parecem ser mais interessante para a publicidade da Disney do que vender propriamente revistas ou agradar seus leitores.

O mercado de quadrinhos de super heróis tem encolhido há anos, cada dia a venda das editoras tem caído cada vez mais, apesar da DC e a Marvel dominarem o mercado, hoje os quadrinhos precisam concorrer com diversas outras formas de entretenimento barato, o que os obriga a grandes mudanças, mas mesmo assim não é desculpa para o modo que estão executando essas mudanças 

Confira Também...

0 comentários