O caso do desenhista assediador

Então, mais um caso com textão e sem solução tem saído na internet, muitos blogs publicaram um texto enorme sobre o caso de um desenhista que vem assediando mulheres, mas sem apresentar provas ou até mesmo divulgar nomes, mas é sim um caso real que deve ser levado a serio, entenda ele.
Semana passada começaram a sair na internet depoimentos de namorados das vitimas e das próprias vitimas de um assediador que segundo elas é envolvido na comicon ccxp brasileira, bem como é professor da Quanta Academia de Artes de São Paulo que supostamente teria sido demitido recentemente devido as noticias e após ter publicado está nota aqui no Facebook, inicialmente fiquei sem entender porque o seu nome não era divulgado por nenhum post sobre o assunto ou que fotos de seu assedio não tenham circulado na internet, afinal no mundo de hoje tudo acaba vazando, a maioria das pessoas acredita que seja invenção depois disso tudo, mas eu acredito que seja de fato verdade e as pessoas estão constrangidas de divulgar as fotos ou provas do assedio, porem ainda nenhuma medida real foi feita contra ele, nem mesmo um Boletim de ocorrência aparentemente.

O suposto envolvido no caso tem muitas alunas mulheres e chegou a ser elogiado por algumas delas por sua suposta postura progressista até então, em relação ao sexo feminino, como até agora não foram apresentadas provas ou nenhum tipo de ação, se eu divulgar o nome deste ser serei facilmente processado pelo mesmo, mas ele está sendo acusado de mandar fotos nuas dele e de pedir fotos nuas para mulheres, muitas deles suas alunas, mesmo com toda essa pseudo revolta ele continua sendo um dos artistas da CCXP e mantem todos seus contratos, ao verificar um pouco mais sobre ele, me questionei o porque de seu nome não ser divulgado, seria porque ele tem laços fortes com pessoas dos bastidores da mídia ou seria porque estão esperando juntar provas contra ele? De qualquer forma ainda é prematuro divulgar noticias como alguns sites fizeram enchendo linguiça e não dizendo porra nenhuma, claro afinal sem provas poderiam ser facilmente processados e o pior que a maioria deles são de pessoas que são Jornalistas profissionais e formados.

Vamos esperar os novos rumos do caso.

Confira Também...

0 comentários