Conan o Bárbaro: Saiba mais sobre o filme de 1982 e a franquia do personagem

Então, uma das melhores adaptações já criadas.
Em março de 1982 Conan o Barbaro chegava aos cinemas e se tornaria o filme mais lucrativo daquele ano, fazendo mais de 130 milhões no mundo todo, mas com um orçamento modesto de apenas 15 milhões,  sendo um dos filmes que marcaram a carreira de Arnold Schwarzenegger, lançado pela 20 century fox, somente nos EUA o filme arrecadou cerca de 69 milhões de dólares, superando todas as expectativas do estúdio na época, as primeiras criticas foram extremamente positivas, elogiando a direção e visual  de John Milius, mas que na verdade tinha codirigido e criado a historia para o filme ao lado de Oliver Stone (que mais tarde ficaria conhecido como diretor), a historia foi baseada no primeiro script de Roy Thomas (escritor da revista em quadrinhos do Conan na época), este ultimo mais tarde seria convidado a fazer o roteiro final de Conan 2, a violência do filme não foi criticada, porem recentemente a versão para Tv do filme foi cruelmente censurada, apesar da versão domestica ser sem censura alguma, o filme recebeu a classificação R ou seja para 16 anos ou mais,  a atuação de Arnold Schwarzenegger foi duramente criticada, especialmente se comparada a outros atores do filme, porem somente os críticos viram isso, a maioria do publico adorou a representação de Conan feita por ele, Basil Poledouris ficaria conhecido por sua trilha sonora do filme, ao qual mais tarde contribuiria para diversos filmes como Robocop e Tropas Estelares.

Conan foi criado por Robert E. Howard em 1932, sendo suas primeiras publicações em jornais e em revistas pulp, a primeira delas foi na revista pulp Weird Tales, Robert E. Howard criou nessa época diversos personagens sendo considerado o inventor do estilo "espada e feitiçaria", porem nunca foi reconhecido em vida por seus feitos, acabando por se matar aos 30 anos deprimido após a morte de sua mãe em 1936, porem em vida foi amigo de H.P Lovecraft ao qual fizeram diversas contribuições um na obra do outro, tornando a Era Hiboriana de Conan parte dos mitos de Cthulhu, com alguns dos antigos e criaturas sendo até mesmo criadas por Robert E. Howard, inicialmente seu personagem mais conhecido foi Kull, porem Conan se tornou incrivelmente popular, especialmente depois das publicações pela Marvel Comics no formado de historias em quadrinhos pela editora.

Arnold Schwarzenegger estava conhecido por ser campeão de fisiculturismo e tinha feito alguns pequenos filmes, porem quase conseguiu o papel de Hulk na aclamada serie do personagem que começou em 1978, porem perdeu o lugar para Lou Ferrigno que era os eu rival, mas os músculos de Arnold impressionaram os produtores que queriam tornar ele um novo astro de ação, porem não sabiam em que papel usar o ator, então Conan se tornou perfeito para ele, Roy Thomas foi chamado para começar o primeiro roteiro e supervisionar os roteiros seguintes, então Oliver Stone foi chamado para fazer o roteiro final, os executivos e o próprio Roy Thomas ficaram impressionados com o conhecimento dele sob o personagem.
Resultado de imagem
Oliver Stone seria originalmente o diretor, mas acabou perdendo o lugar para John Milius, porem os dois trabalharam juntos na direção sem problemas já que John não sabia nada sobre Conan, os artistas conceituais de Alien foram chamados para fazer os desenhos dos cenários que seriam construídos, a ideia era dar um visual mais realista que lembrasse arquiteturas estranhas do passado, James Earl Jones (que fez a voz de Darth Vader) foi chamado para ser o vilão, mas tambem ajudou na interpretação e no inglês de Arnold Schwarzenegger  que na época era muito ruim, sem falar que Arnold Schwarzenegger teve que fazer uma dieta para diminuir seus músculos, pois foram considerados exagerados pelo diretor do filme.

Thulsa Doom (James Earl Jones) inicialmente não era um vilão de Conan e sim de Kull, mas devido ao sucesso do filme acabou se tornando nos quadrinhos um dos inimigos recorrentes de Conan, uma das surpresas foi Max Von Sydow fazendo uma ponta como rei no filme, ao que parece o ator era um enorme fã de Conan e se convidou para o filme, sendo Max Von Sydow um ator respeitado e que inclusive fez a mesma coisa no filme O Despertar da Força, onde faz uma pequena aparição no inicio do filme.

Sandhal Bergman que faz Valeria a guerreira que mais tarde se torna o grande amor de Conan era uma duble, sendo convidada pelo diretor para fazer a personagem, já que tinha feito bastante amizade com a equipe de produção e era respeitada por seus feitos como duble, ela então fez todas suas cenas quase perdendo um de seus dedos em um acidente nas gravações de duelos com espadas, já Gerry Lopez era um amigo de infância do diretor que atuava apenas em teatro e foi convidado para fazer Subotai o amigo ladrão de Conan, já o conhecido ator Mako faz o excêntrico mago Akiro que narra a introdução do filme, usando as narrações conhecidas dos pulps e historias em quadrinhos de Conan.
Resultado de imagem para conan 1982
O filme reformula a origem de Conan a tornando mais poética e colocando Thulsa Doom como o destruidor do povo de Conan, sendo assim Conan escravizado e depois virando um gladiador, mais tarde ganhando sua liberdade para se vingar de Thulsa Doom, mais ainda segundo o filme no futuro se tornando um rei, a espada que Conan encontra pelo caminho supostamente seria do rei Kull que foi um atlante e antepassado de Conan, porem esse fato não foi colocado no filme.

Conan acaba criando um grupo formado por Subotai, Valeria e o mago Akiro, porem desse grupo somente Akiro continua no próximo filme, os efeitos são todos práticos para não só economizar dinheiro, mas também fazer mais realista, a ILM ficou responsável pelos efeitos especiais,  Basil Poledouris foi colocado na trilha sonora bem no inicio do projeto e começou a ler os quadrinhos de Conan, empolgado ele fez mais de 2 horas de musica, muitas nem se quer estão no filme, destas algumas foram usadas na continuação do mesmo, sendo toda feita em apenas 3 semanas, parte em orquestra e outra usando seu próprio sintetizador, a trilha ajudou enormemente no filme, dando um clima único, somente 20 anos depois do lançamento do filme em 2002 foi que um cd com toda a trilha sonora começou a ser vendido.

Ao longo dos anos diversos jogos de vídeo game baseados no mundo de Conan foram lançados, sendo que o primeiro jogo a fazer mais sucesso internacionalmente foi Conan para Msdos que era um point e click, porem era extremamente difícil o que gerou diversas criticas, depois disso somente o jogo para Playstation 2 e PC em terceira pessoa foi reconhecido como um dos mais fieis e adorados da franquia onde Conan luta em todos os cantos da Era Hiboriana, sua continuação Conan para PS3 e PC foi também muito bem recebida, este ultimo game teve como dublador do Conan nada menos que o ator Ron Perlman (Hellboy e o Nome da Rosa), o ator voltaria em 2011 fazendo o papel do pai de Conan no Remake de 2011, este ultimo foi duramente criticado e foi extremamente ruim de bilheteria, porem recentemente foi sondado um filme onde Arnold Schwarzenegger retornaria como o agora rei Conan.

Em 2011 um RPG multiplayer foi lançado chamado de Age of Conan onde pode criar seu próprio personagem durante a chamada Era Hiboriana, que atualmente está de graça para jogar e vale apena dar uma olhada.
Resultado de imagem para conan 1982
Na continuação Conan o Destruidor agora sob uma nova direção, resolveram dar um ar mais mistico as aventuras, muitos preferem Conan 2 ou Conan o Destruidor por em teoria ser mais fiel aos quadrinhos, neste filme inclusive Conan mata um deus na porrada décadas antes de Kratos ser se quer imaginado, porem para mim esse ultimo filme perdeu a credibilidade que tornou o mundo de Conan crível no primeiro filme, mas o sucesso de Conan foi tão grande que resolveram apostar no filme da Red Sonja que foi criada por Roy Thomas dentro do mundo dos quadrinhos pela Marvel Comics, Arnold Schwarzenegger retornaria para o filme mas não como Conan e sim como um personagem genérico o que desagradou muitos fãs, no Brasil o filme foi chamado de Guerreiros de Fogo com muitas fotos de Arnold Schwarzenegger supostamente como Conan, ao que parece Arnold Schwarzenegger não retornou como Conan no filme devido ao fato dos direitos não terem sido autorizados para esse filme, infelizmente o filme foi duramente criticado tanto por críticos especializados quanto por fãs e foi extremamente ruim na bilheteria.

Em 1997 Kull outro personagem de Robert E. Howard seria adaptado, interpretado por Kevin Sorbo (conhecido pelo seu seriado Hércules), o filme nem mesmo saiu nos cinemas, indo direto para o Home Video, mas pareceu um filme feito para a tv com um baixo orçamento, inicialmente o filme seria um terceiro filme de Conan chamado Conan o Conquistador, mas o filme foi modificado devido ao fato de Arnold Schwarzenegger não querer voltar ao papel devido a diferenças criativas e ao fato de oferecerem um salario muito pequeno para ele retornar, acho que Arnold Schwarzenegger escapou de ter feito um dos piores filmes de sua carreira, porem gostaria de ver ele retornar como o rei Conan.

A Maior beleza do filme original é a forma incrível que o filme é contado visualizavelmente, o filme pode ser feito sem nenhum dialogo e mesmo assim você adora, o que com certeza ajuda na atuação de Arnold Schwarzenegger que mal sabe falar, a fotografia e trilha sonora ajuda o filme a se tornar um épico naturalmente, sem precisar forçar a barra, eles realmente conseguem criar um mundo crível mesmo com todas as bizarrices da Era Hiboriana, porem para mim o unico problema original é o fato de não existir uma luta final entre Conan e Thulsa Doom, com apenas Thulsa Doom tentando manipular Conan, mesmo assim continua sendo um final incrível.