Marvel: Humberto Ramos pede a estrangeiros não visitarem os EUA

"Champions #1" preview
Então,os artistas da Marvel disseram nas redes sociais que estrangeiros não deveriam vir para os EUA devido a resultado da eleição.
Humberto Ramos e a equipe criativa da revista Campeões da editora Marvel, disse que todos não vão mais comparecer a eventos de quadrinhos nos EUA em forma de protesto e que todos os estrangeiros que gostam de quadrinhos da Marvel não deveriam visitar o pais.

Humberto Ramos ainda ficou revoltado com os latinos que se tornaram legalmente cidadãos americanos, já que em pesquisa grande parte voltou no presidente Trump, chamando o presidente eleito de xenofóbico, racista e outras palavras de baixo calão, porem a coisa começou a ficar feia quando um mexicano nas redes sociais mostrou que o famoso Muro que Trump disse que vai fazer entre os EUA e o México já existe, inclusive começou a ser construído em 1994 na administração de Bill Clinton e todos os presidentes continuaram construindo ele, hoje 45% da Fronteira entre os países já é murada por muros enormes e o resto por cercas eletrificadas, nesse momento o artista começou a xingar o usuário de "traidor", mais tarde pediu desculpas e apenas disse que não vai mais comparecer aos eventos de quadrinhos nos EUA.

Porem mais tarde Humberto Ramos disse que não vai visitar mais apenas os 29 estados que votaram em Trump como maioria, que são Alabama, Alaska, Arizona, Arkansas, Florida, Georgia, Idaho, Indiana, Iowa, Kansas, Kentucky, Lousiana, Mississippi, Missouri, Montana, Nebraska, North Carolina, North Dakota, Ohio, Oklahoma, Pennsylvania, South Carolina, South Dakota, Tennessee, Texas, Utah, West Virgina, Wisconsin, Wyoming.

Após grupos latinos começarem a ameaçar processar Humberto Ramos pelo modo que se expressou, ele deu uma entrevista a CNN explicando sua revolta, a qual você pode ver aqui