Quadrinista Maranhense mostra seu talento no mercado estrangeiro

Ronilson Freire já desenhou para grandes editoras americanas, agora começa a trabalhar no mercado Europeu e no Canadá.
Ele já trabalhou com grandes roteiristas como Stephen R. Bissette ( Monstro do Pantano), Mark Waid (Reino do Amanhã), Grant Morrison (Homem Animal), Chuck Dixon e  Peter Milligan, em diversos projetos como o Besouro Verde, no inicio de carreira desenhou as historias Balaiada - A Guerra do Maranhão e Ajuruja - A Fundação da cidade de São Luis com o roteirista Iramir Araujo, o desenhista teve um painel na CCXP de 2016.
                             
                           Besouro Verde Roteiros de Mark Waid e arte de Ronilson Freire pela Dynamite
O desenhista está envolvido no projeto House 137 ao lado de Paulo Teles (seu agente da Glass House Graphics), o projeto é criar uma escola de artes, agenciadora e promotora de artistas, o primeiro trabalho foi a Zombie [Side], com arte e roteiro com artistas nacionais bem como estrangeiros, inclusive profissionais que já trabalharam com a Marvel Comics,  sem falar de seu novo projeto da revista de "A Múmia" da editora inglesa Titan (considerada a maior da Inglaterra) com roteiros de Peter Milligan que também escreve a revista Hellblazer atualmente pela Dc Comics, já no Canadá ele desenha a revista "Royal Blood" que é sobre a Inquisição na Idade Media, seu mais novo projeto é "Black Water Society" que trata sobre vampiros que será lançada nos EUA como uma Graphic Novel de 100 paginas.

Ronilson Freire tinha um contrato de exclusividade com a editora Dynamite até 2014 pela revista Besouro Verde, depois disso o mercado se ampliou para o artista que agora trabalha em diversos projetos ao mesmo tempo, dando inicio até a um projeto nacional chamado "Coveiro Maldito" que misturará historias voltadas ao ocultismo misturando com Terror, Candomblé, Ubanda e misticismo.