Por que a Marvel está em crise?

A semana começou com a notícia de que a Marvel convocou uma reunião com os seus diretores e revendedores para discutir sobre o mal momento que a empresa vem passando em relação à suas vendas. Isso tudo, logo depois de estourar a bomba que a Casa das Ideias vem fraudando os seus números no mercado.

Em resumo, os revendedores estão preocupados com a mudança dos mantos dos personagens e com histórias mais rasas que prancha de surfe. Sendo assim, resolvi dar a minha opinião e trazer cinco motivos que "ajudaram" a Marvel colocar a palavra "Crise" mais uma vez na sua história.

1º Se metade das pessoas que clamaram por mudanças nos personagens comprassem as revistas, a situação seria completamente diferente.

2º A Marvel é uma empresa capitalista, e como tal, só visa o lucro. Toda e qualquer estratégia da empresa é no intuito de um satisfatório retorno financeiro. Não se engane, não existe altruísmo, apenas estratégia de marketing. Pensando nisso, agradar aos "ativistas de likes" parecia uma ótima iniciativa, já que todas as postagens desses grupos costumam ter milhões de curtidas e compartilhamentos. Se boa parte disso se convertesse para o monetário, a vitória seria certa. Só que, a Marvel não estudou bem o seu público alvo e não percebeu que boa parte dele não tem o intuito de gastar dinheiro, e sim, obter likes. Em suma: estratégia fail.

3º Nada disso importaria, se houvessem boas histórias e desenvolvimento dos personagens. É claro que existem pessoas que decidem não comprar apenas em razão das mudanças, porém, numa visão geral, os leitores de hqs querem histórias interessantes e que lhes prendam a atenção. Estão aí Miles Morales, Super Choque e John Stewart para corroborar com tudo isso. E, o mais mais importante, o carro chefe da Marvel, por anos, foram os Xmen, que falavam justamente sobre a inclusão do "diferente" na sociedade. A Marvel sempre trabalhou com inclusão e diversidade, mas fazia isso com tanta eficiência, que até o mais xiita dos leitores se agradava com isso. Quando ela traz frases do facebook para que os seus personagens entoem em suas histórias, ela no máximo, conseguirá muitos likes... e muito pouco dinheiro!

4º Se a estratégia de agradar as "minorias" não fosse colocada em prática, provavelmente a Marvel estaria em crise do mesmo jeito, pois isto já aconteceu uma vez. No início dos anos noventa a empresa entrou numa situação financeira bastante crítica, foi quando vendeu os direitos dos seus personagens para os grandes estúdios. Naquela época, a razão foi basicamente a mesma: a Marvel não necessariamente trocou os personagens, mas os descaracterizou a tal ponto, que pareciam outras pessoas. Trabucos e frases de efeito não funcionam. A diferença agora é que, de fato, a empresa visou as suas mudanças para um público específico. Mas, como nos anos 90, esqueceu da essência de uma hq.

5º Se você ainda não entendeu: A Marvel tentou uma estratégia e deu errado. Ela é capitalista, o lucro é sempre o seu objetivo. Talvez, a única estratégia que uma Editora precise, é escrever boas histórias!