X-Men - Citação do Alcorão gera polemica

Devido a citação ter sido usada por grupo terroristas para matar cristãos e judeus recentemente, o uso logo depois de uma revista em quadrinhos da Marvel causou desconforto entre leitores e escritores da editora.
A Frase está na camisa de Colossus em um dos quadros da revista, que foi escrita por G. Willow Wilson (que é Muçulmana) e desenhada por Ardian Syaf (que é muçulmano), o desenhista que é da Indonésia colocou uma referencia a um trecho do Alcorão, que muitas pessoas de se seu país se sentiram ofendidas por toda essa parte do texto islâmico, não só  esse trecho especifico.

Para acalmar a todos a escritora tentou explicar o contexto da escritura do texto, que devido a fazer parte do conjunto de normas mais polemicas do livro religioso, onde existe menção em matar judeus, cristãos,gays, estupros coletivos e casar com crianças  teria causado desconforto a editora.

Porem enquanto escrevia o texto tentando explicar, ainda acabou escrevendo um texto ofendendo os grupos da Indonésia que reclamaram, aumentando mais ainda a polemica dizendo que eles são "idiotas" ou 'só falam merda" por discordar da colocação do texto na revista como podem ver aqui

A escritora ainda disse que o artista Ardian Syaf cometeu "suicídio comercial", assim como provavelmente o artista nunca mais vai conseguir um emprego na Marvel, ainda dizendo que ele pode "enfiar sua filosofia de merda aonde o sol não bate".

O trecho especifico é Alcorão 5:51 " Nunca aceite a amizade ou aliança de Judeus ou cristãos, se algum dos seus for amigos ou aliados deles, creia que ele não é um de vocês, Alá não guia tais infiéis"

Em sua defesa o desenhista disse que achou interessante colocar uma menção ao seu livro sagrado na revista, pois a camisa do colossus estava "vazia", acreditando que a Marvel seria a favor da diversidade e contra o preconceito aos Islâmicos.

A Marvel disse em declaração oficial que pode ver aqui, que o desenhista sofrerá punição disciplinar mas não revelou mais detalhes sobre a polemica.

O uso desse trecho do Alcorão deixou os executivos da Disney irritados, especialmente pelo fato de tanto eles quanto os Jack Kirby e Stan Lee (que criaram a maior parte do universo Marvel nos quadrinhos) são judeus.