Header Ads

test

Kevin Spacey estaria obcecado e tentou assediar ator de ‘House of Cards’

Kevin Spacey estaria obcecado por ator de ‘House of Cards’; Saiba detalhes!
A vida de Kevin Spacey tem passado por uma reviravolta depois das acusações de assédio sexual feitas por diversos atores de Hollywood.
Agora, uma nova polêmica envolve o nome do ator. De acordo com uma fonte do site RadarOnline, Spacey estava “obcecado” pelo colega de set, Nathan Darrow, que interpreta o agente secreto Edward Meechum em House of Cards.
“Kevin ficou apaixonado por Nathan desde o primeiro dia em que se conheceram”, disse a fonte que não quis revelar o nome, mas que esteve presente nas filmagens.
Segundo a matéria do site, o ator já ficava com ciúmes quando a esposa de Darrow aparecia para vê-lo em ‘Richard III‘, peça em que Spacey era protagonista e que dividia algumas cenas com Darrow, antes de ‘House of Cards’
“Kevin costumava ficar em seu camarim quando a esposa de Nathan os visitava”
Sobre a cena do beijo dos atores na série da Netflix, a fonte contou:
“Kevin fez com que escrevessem a cena do trio [que inclui Robin Wright] somente para poder beijar Nathan. E não apenas isso. Kevin convidou a esposa de Nathan ao set quando filmaram a cena. Disse que era para que Nathan se sentisse mais à vontade, mas na verdade era para zombar dela. Kevin fez com que filmassem a cena mais de vinte vezes, ao menos
 Novas acusações de assédio sexual contra o astro Kevin Spacey continuam emergindo. As mais recentes incluem até mesmo a exposição de pornografia para um garoto de 16 anos.
Em uma nova matéria publicada pelo site BuzzFeed News, três homens afirmaram terem sido vítimas do ator. Os casos percorrem os anos 80, 90 e 2000.
A alegação mais assustadora foi feita por Justin Dawes, na época aluno do ensino fundamental. Segundo seu relato, ele teria conhecido Spacey em 1988, quando o ator estava com 29 anos, estrelando a peça National Anthems, no teatro Long Wharf em New Haven, Connecticut.
O veterano teria convidado ele e mais outro amigo para assistir ao filme de Roman Polanski, ‘Chinatown‘. No entanto, ao chegarem ao local, o ator os ofereceu bebidas alcóolicas e exibiu filmes pornográficosaos garotos.
Disse Dawes:
“Todos nós bebemos algo, mas nos questionávamos se outras pessoas viriam. Ele desconversava, dizendo que ninguém mais tinha decidido aparecer. Ele também nunca mencionou sobre esse vídeo pornô que estava passando na TV. Foi extremamente desconfortável. E Spacey sabia da minha idade, isso era bem óbvio. Eu não era daqueles adolescentes que fingem ser mais velhos ou mais legais para se enturmar. O incidente foi vulgar e bem manipulado. Fiquei com a sensação de que talvez eu pudesse dado um pouquinho da impressão errada ao ator”.
O outro caso corresponde a um jornalista, que preferiu se manter anônimo. Em entrevista ao BuzzFeed ele afirmou ter sido vítima de uma série de investidas sexuais do ator, depois de entrevistá-lo para uma revista nacional em Londres, em meados dos anos 2000.
Toda a situação constrangedora aconteceu em uma boate, para qual Kevin o havia convidado. Na ocasião, os amigos do ator também estavam presentes.
Segundo o relato:
“Ele continuava me tocado entre as pernas e pegando na minha genitália. Eu mudei de lugar e disse algo que achei ser engraçado para desconversar. Mas aí, eu comecei a ficar incomodado e isso ficou bem nítido para ele. Mudei de lugar de novo e ele veio se sentar ao meu lado. Eu estava tentando não tornar tudo aquilo em um escândalo, até porque eu tinha o compromisso de escrever uma matéria sobre ele. Então eu não podia simplesmente dar um soco nele e sair. Mas quando cansei e decidi ir embora, Spacey me seguiu, bloqueando a porta de saída. Ele gritava na minha cara, em uma área distante do espaço principal do bar e com sua face vermelha e cuspes saindo da boca, gritava enfurecido, só porque eu não quis transar com ele. Ele ainda ficava dizendo que na verdade eu queria, mas era covarde demais. Essa era sua tática, foi inacreditável”.
O outro caso relatado na matéria corresponde a Mark Ebenhoch, um conselheiro militar que auxiliava o ator nas filmagens do filme ‘EpidEmia‘. Segundo ele, o ator teria feito investidas, o intimidando com a ajuda de sua equipe de apoio.
“Seus assistentes me abordaram um dia, me dizendo que eu deveria ir ao trailer de Spacey para vê-lo. Eles me abordaram diretamente e de forma clara, para que eu me envolvesse com Spacey em uma relação sexual. Aquilo me assustou muito”.
Ebenhoch, que hoje é gay assumido, pontuou que na época não havia saído do armário e temia retaliações, por isso havia recusado as investidas do ator. O militar ainda afirmou ter mantido uma distância maior de Spacey após o ocorrido.