Header Ads

test

Resenha: Cavaleiros do Zodíaco - Next Dimension, 13ª Temporada


Dessa vez o "Mestre" se superou.

Eita porra, lá vem...

Isso mesmo, o Kurumada cometeu uma nova leva capítulos desse mangá horrível controverso, mas dessa vez a leva é especial, pois depois de uma temporada mais paradona, o Kurumada nos brinda com OS CAPÍTULOS MAIS VIOLENTOS DA SÉRIE!!!!

Melhor tomar uma distância antes de ler o capítulos pra não acabar se sujando

Não gente, eu não estou exagerando, essa temporada literalmente começa chovendo sangue e nacos de carne, e daí pra frente a coisa não melhora. Rombos abertos no peito jorrando sangue, tímpanos explodindo, corpos murchando em agonia até virar pó ou tendo a carne retirada até só sobrar o osso, o Odisseu mesmo é desintegrado umas 3 vezes só nessa temporada.

Não tava exagerando, essa é a página 2 do 1º capítulo dessa temporada

E falando no Odisseu, outro parabéns ao Kurumada, porque nessa temporada vemos que o 13º Cavaleiro de Ouro de Ofiúco é mesmo uma ameaça à ser temida, pois mesmo que ele não ataque, nada o mata. Mesmo reduzido a pó, ele se regenera como se nada tivesse acontecido. Basicamente temos o Majin Boo de Saint Seiya.

Imagina essa cena com os nacos de carne da imagem acima

E embora o Odisseu de Ofiúco seja o fio condutor nessa fase da história, o mesmo é usado pra explorar desenvolver os personagens dos Cavaleiros de Ouro, desde o Contador da Morte e sua sexualidade confusa, os problemas cardíacos do Kaiser de Leão, e o Shijima, o Homem mais Próximo de Deus que, ao contrário do Shaka, mantem sua humanidade.


Quanto aos Cavaleiros de Bronze, temos uma participação significativa do Ikki, que acaba se ferrando na mão do Shijima (lembra o que eu disse sobre tímpanos explodindo?), e acaba precisando da ajuda do Odisseu, que o final da temporada mostra que não veio de graça.

"Deixa eu te ajudar, Ikki. Não vou pedir nada absurdo em troca"

Quanto a arte, até nisso ela surpreende, pois mesmo tendo painéis no padrão Kurumada, temos alguns, pasmem, muito bem desenhados, como o Shijima aplicando o Tesouro do Céu combinado com a Rendição Divina no Odisseu.


No fim temos uma temporada divertida, com gratas surpresas, embora com algumas partes desnecessárias (como o Kaiser enfrentando o Rei Leão, embora seja divertido ver feras mitológicas na franquia). Nota: 8,0

No final de O Rei Leão 3, o Simba é morto e tem seu coração transplantado pro mesmo moleque que o matou

PS: Aguardando ansiosamente a próxima temporada, pois a partir dela o Odisseu só vai topar com um bando de traidores (Suikyo, Dohko, Écarlate), além de alguns Cavaleiros de Bronze intrometidos.

Mas antes o Kurumada tem outra surpresa pra agosto

guest author area 51  Polvo Aranha
Gênio, bilionário, playboy, filantropo, amigão dos roteiristas... só que não. Twitter / Facebook