Header Ads

test

BlacKkKlansman: Spike Lee está de volta ao topo com Infiltrado na Klan


Nota irrelevante: assisti esse filme (assim como Mad Max Estrada da Fúria e o recente Predador) num voo de 7 horas de Lisboa para Fortaleza voltando de 12 dias de estadia em Cabo Verde algumas horas depois de cagar na cabeça de dois funcionários da imigração portuguesa que não conseguiam acreditar que um aluno e eu éramos parte de uma delegação de acadêmicos participando de um evento científico em vez de dançarinos. "Negro não sabe só cantar e dançar", disse eu esmerdalhando os colonizadores.





Infiltrado na Klan (BlacKkKlansman) é uma adaptação do livro Black Klansman, de Ron Stallworth (interpretado no longa por John David Washington), policial do interior do estado americano do Colorado que começou uma investigação para se infiltrar no núcleo local da Ku Klux Klan. Para ajudá-lo, ele começa uma complexa parceria com Flip Zimmerman (interpretado pelo chiliquento Kylo Ren Adam Driver). A espiral de preconceito (bem como conivência do resto da força policial) que encontrarão modifica bastante ambos, tanto o negro que de início parece se encaixar de mais naquilo que esperam dele quanto o branco de origem judaica, que irá lembrar algo que seu povo parece ter esquecido.


O filme mostra Spike Lee em sua melhor forma, mesclando humor, tensão policial ao melhor estilo blaxpoitation, registro histórico das relações raciais nos Estados Unidos e uma pitada de documentário nas cenas finais, ao mostrar os protestos de Charlestone no ano passado, onde a "direita alternativa" mostrou que a KKK está mais viva do que nunca. As interpretações são bem conduzidas para dar o tom profundo que o tema requer, embora em uma narrativa bastante leve que não cansa o público atual. 



Além de Driver, dois destaques na trama são os também conhecidos do público nerd são Laura Harrier (a Liz Allen de Homem-Aranha de volta ao lar), interpretando a militante universitária Patrice Dumas (meio interesse romântico, meio companheira de ação, meio antagonista ideológica do protagonista) e Topher Grace (o Venom de Homem-Aranha 3), vivendo David Duke, à época maior líder nacional da Klan. 


O filme tem recebido boa recepção, alcançando média de 95% no Rotten Tomatoes, premiações nos festivais de Cannes  e Locarno e 4 indicações no Globo de Ouro para melhor ator (John David Washington) e melhor ator coadjuvante (Adam Driver) de drama, melhor filme de drama e melhor diretor, o que deve aumentar o úmero de salas de exibição e de sites pra baixar o Torrent.



Uma boa pedida pra quem ainda quer um bom filme esse ano.




guest author area 51  Richard Christian - Prof. Pinto
Ativista anti-racismo muito conhecido no grupo de quadrinhos da deep web. É capaz de citar referências de cultura afro-pop fazendo analogias com mitologia egípcia e funk. É um dos poucos papais do grupo. . Twitter / Facebook