Header Ads

test

Resenha HQ Fan: Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Shô Ep. 1


Parando de reclamar de um anime onde a presença feminina só causa discórdia pra falar de um onde a presença feminina luta contra a discórdia.

Mais zoeiras com a Shun Mulher aqui nesse post

Hoje estreou no Crunchyroll o anime CdZ - Saintia Shô, adaptação do spin-off de Saint Seiya que acompanha a luta das Saintias, classe de mulheres que servem como guarda e damas de companhia de Atena (por isso tem permissão de "se manterem mulheres" e não usar máscaras), contra a Deusa da Discórdia Éris e suas Dríades (filhas da deusa), isso durante os eventos da Saga do Santuário da série clássica.

Essas tem uma desculpa, enquanto outras acham brechas na regra ou, num caso que nem quero lembrar, só cagam mesmo

E indo aos spoilers, o primeiro episódio já pega o primeiro volume completo do mangá (PORRA!!!! MAIS DE 100 PÁGINAS!!!!) mostrando a vida da jovem Shoko, a destinada a ser hospedeira da Éris, e o reencontro após 5 anos com a irmã Kyoko, que acabar de se sagrar Saintia de Cavalo Menor (a constelação irmã da de Pégaso), e como o destino de ambas acaba sendo trocado, com a Kyoko acabando por encarnar a Deusa da Discórdia, e a Shoko pedindo pra Saori pra ser treinada pra assumir o lugar da irmã de "Mulher Cavaleiro" (não tem esse termo no episódio, só zoando nas referencias) de Cavalo Menor (ou "Equuleus", se preferir).


E como de praxe, vamos começar descendo o cacete, embora nem tenha muito o que bater. O combate no final do episódio deixou um pouco a desejar em animação, e o episódio é bem corrido (pega 4 capítulos inteiros de várias), e piora um pouco ao colocarem um filler da Shoko na escola. Por sorte o próximo episódio só parece adaptar 2 capítulos e meio, então o ritmo deve melhorar.

Até entendo o motivo deles quererem apresentar melhor a protagonista, mas senti falta da Mii pedindo "educadamente" pra Shoko vazar

Agora os pontos fortes: lembra que eu critiquei a animação agora pouco? O problema só tá nessa sequência de 2min mesmo, pois o resto está sublime. Lembrou um pouco Prólogo do Céu (que só acertou nesse aspecto mesmo) e até o novo Super Campeões (assisti faz pouco tempo, então tá fresco na memória). O traço clássico foi bem animado, crédito que vai ao estúdio GONZO (Hellsing e Gantz) que substituiu a Toei, e o diretor Masato Tamagawa (Sakura Card Captors - A Carta Selada), que já tem experiência em animar o traço do Shingo Araki e da Michi Himeno (que contribui pro encerramento) nos jogos de pachinko da franquia.


Outro ponto que vale elogio é a trilha sonora que eu citei, e as cores também muito caprichadas, como da pra ver no tema de abertura:



Em resumo no momento Saintia Shô está sendo uma adaptação fiel ao mangá, e divertida, com um humor legal, muita ação... tá, e rolou umas sacanagens (com a Atë de Ruína e seus clones peladonas e reencenando uma cena de Evil Dead).


 Anime de colegial e personagem com tentáculos, não podia acabar diferente...

Nota: 7,5

guest author area 51  Polvo Aranha
Gênio, bilionário, playboy, filantropo, amigão dos roteiristas... só que não. Twitter / Facebook