Review: Death parade

Se depender de mim o nome do site pode virar AnimeFan, porque parece que a maioria dos meus posts é sobre anime e jogos, mas fazer o que, né? Afinal, o site é famoso pelo grande número de membros otakus...



Enfim, Death Parade é um anime desse mesmo ano de nosso senhor Jesus em que estamos, também conhecido como 2015. 
É um anime baseado num curta de 2013 chamado Death Billiards, no qual dois indivíduos jogam uma partida de sinuca, em que recebem dicas de que o vitorioso da partida ganharia o direito de viver, enquanto que o perdedor estaria destinado a morte certa. 

Aqui você tem o curta completo:

Mas um fator que chama a atenção de quem gosta de animes é que o estúdio responsável por Death Parade é exatamente o mesmo que produziu Death Note, o que pode trazer uma certa confusão devido a semelhança nos nomes. Tende-se a pensar que possa existir alguma relação, ou que ao menos a proposta seja semelhante, mas engana-se, pois a única coincidência é que ambas animações tem como foco principal a morte.

O anime é composto por apenas 12 episódios, recomendado para quem busca uma história curta mas que trata de relacionamentos humanos e foca nesse desconhecido que é o além da morte, falando de temas como céu e inferno.



Mas falando sobre o anime em si: Quando as pessoas morrem, elas são mandadas para um local que fica entre a vida e a morte. Ali, elas tem de participar de jogos contra outras pessoas que, dependendo de sua reação, poderá definir o futuro de sua alma, em que as possíveis consequências são de serem reencarnadas, ou de serem mandadas para o void, que é um local onde sua alma se perderá para sempre.

E cabe as "árbitros" tomar essa decisão, seres sem sentimentos que tomam uma forma de humanos, mais especificamente bartenders, que fazem seu julgamento numa espécie de hotel-casino, no qual é explicado que tudo isso não passa de uma forma facilmente reconhecida pelos humanos.

Sem dar muitos spoilers, o que pode ser dito é: Não se deve ir esperando algo como Death Note, pois não há a tensão como neste primeiro, mas ainda assim é um anime agradável e que consegue prender a atenção.

E a intro é muito maneira (eu tenho uma tara por abertura de animes):



(Um último detalhe, mas não menos importante: Para os fãs de Death Note, há uma pequena participação especial de Light Yagami, também conhecido como Kira)


Confira Também...

0 comentários