O Zero Absoluto

Então, caros leitores, continuando as curiosidades sobre a Física: Hoje vamos falar do Zero Absoluto!
Logicamente, para um fã de Saint Seiya, falou de Zero Absoluto, a imagem de Camus remete imediamente. Mas, o que é o Zero Absoluto?

Zero absoluto, ou zero kelvin corresponde à temperatura de -273,15 °C ou -459.67 °F

Por volta do século XIX, o cientista inglês William Thompson, mais conhecido como Lorde Kelvin, percebeu, através de experimentação, que quando um gás a volume constante era resfriado de 0°C a -1°C sua pressão diminuía cerca de 1/273 do valor inicial. Sendo a pressão do gás uma consequência da agitação térmica das partículas, Kelvin concluiu que a temperatura deveria diminuir de 273°C até que cessasse o movimento das partículas, ou seja, o estado de agitação térmica das partículas deveria ser nulo, e adotou o valor -273 °C como origem da escala absoluta: 0 K (zero Kelvin) ou zero absoluto.

No mundo físico não há temperatura abaixo desse valor. O zero absoluto é um estado térmico que existe teoricamente, mas na prática nunca foi atingido. Na realidade, ele é inatingível. Ou seja, Kelvin confirmou que aquela era a menor temperatura alcançável, mas na prática, nunca a alcançou.


Diversas séries da cultura pop trazem o conceito do Zero Absoluto, porém nenhuma é mais conhecida - para os brasileiros - que Saint Seiya. E a luta entre Hyoga de Cisne e o seu Mestre Camus de Aquário, com certeza, foi a melhor aula de física sobre o assunto que qualquer um já tomou. Camus explica para o Hyoga o conceito exato do Zero Absoluto, e ainda diz que nem ele ou qualquer outro cavaleiro jamais alcançaram tal temperatura, e que a luta seria decidida à favor daquele que mais se aproximasse do Zero Absoluto.

Na conclusão da luta, Camus dá à entender que Hyoga alcançou a tão dita temperatura, mas isso não fica tão claro. Até porque, se o cavaleiro de Cisne tivesse conseguido tal feito, o corpo do Camus não teria caído no chão. De qualquer forma, Hyoga ficou sendo o único cavaleiro a se aproximar dos -273,15 °


E para concluir, e antes que alguém comente: sim, alguns físicos alemãs não só afirmam que conseguiram chegar ao Zero Absoluto, como alcançaram temperatura abaixo disso.
Os físicos, que são da Universidade Ludwig Maximilian, em Munique, dizem ter alcançado pela primeira vez uma temperatura abaixo do zero absoluto, ao criarem um gás quântico ultrafrio feito de átomos de potássio, usando lasers e magnetismo. 
Os pesquisadores conseguiram chegar apenas alguns bilionésimos de 1 Kelvin – unidade básica internacional que mede a temperatura de um objeto – abaixo do zero absoluto (o equivalente a -273,15º C). Os resultados estão publicados na revista "Science." 
Bom, o Hyoga conseguiu isso apenas usando o cosmo. Então o feito do Hyoga foi muito mais maneiro!

É isso, galerinha. Espero que tenham gostado e entendido um pouco mais sobre o assunto. Até a próxima!!!!!!!!!

Confira Também...

0 comentários