Arte urbana? Estrela soviética é "transformada" em Patrick do Bob Esponja

Segundo notícia do UOL, uma ou mais pessoas não identificadas vandalizaram um monumento da era soviética na cidade de Voronezh, localizada no centro da Rússia Européia. A estrela, que fica no topo de um prédio, foi caracterizada como o personagem Patrick Estrela, do desenho animado Bob Esponja. Estima-se que a restauração custará em torno de US$ 1.500, e o artista responsável pela "homenagem" poderá ser penalizado com 15 dias de detenção.


Voronezh não é a primeira cidade no mundo a virar notícia devido a grafites com os personagens do desenho animado. Em Belém do Pará, o estudante Felipe C.F. pintou caixas de linha telefônica nos principais bairros da cidade com versões de Bob Esponja, provocando risos e admiração dos transeuntes, virando notícia no site G1 e na TV Liberal, afiliada da Rede Globo no Pará.

Tanto o Patrick Estrela de Voronezh quanto o Bob Esponja de Belém são exemplos da manifestação artística denominada como Intervenção Urbana, onde há uma interação com um objeto ou espaço público, associando-o com uma ideia semelhante, geralmente devido as suas formas, produzindo novas maneiras de perceber o cenário urbano, criando relações afetivas e diferentes impressões sobre o local. As intervenções em sua maioria deixam as cidades mais coloridas, alegres e trazem algum tipo de informação adicional em espaços que passariam despercebidos (e poderiam ser alvo fácil de vândalos ou pichadores). A técnica mais utilizada é o grafite, e são comuns desenhos de personagens, marcas ou ícones da modernidade.  

Há de se distinguir grafite de pichação: a última é um crime ambiental, com previsão de pena variável entre três meses e um ano de reclusão, ou pena mínima de seis meses se a pichação for feita em monumentos ou prédios históricos tombados.

guest author area 51  Gisele Henriques
Administradora com MBA em Administração e Marketing, contabilista, jornalista, desenhista, locutora, podcaster, professora e graduanda em Artes, é uma criatura de extrema modéstia. É mãe de gatos imaginários. Twitter / Facebook