Especial: Filmes solo de personagens femininas dos quadrinhos


A Mulher Maravilha vai ir aos cinemas, então que tal se lembrar dos filmes solo de heroínas dos quadrinhos ?
Red Sonja (1985)
Criada por: Roy Thomas,
É uma personagem baseada na Red Sonya de Rogatino, a guerreira russa do conto "The shadow of the vulture" (1934), de Robert E. Howard.  O roteirista da editora Marvel, Roy Thomas, adaptou aquele antigo conto — que se passava no século XVI para os quadrinhos e transportou a trama para um passado remoto, a Era Hiboriana (um período fictício situado antes da Pré-História, das histórias de "Conan, o Bárbaro"). Outra mudança feita foi a mudança do nome da heroína, de "Sonya" para "Sonja".  

Ela vivia numa fazenda da nação conhecida como Hirkânia. Nascida em uma família bastante modesta, sua mãe era uma mulher de grande fibra e seu pai, um mercenário aposentado. Juntos com seu dois irmãos, eles compunham um lar feliz, seu pai a ensinou a arte da luta com espadas assim como seus irmãos, De repente, num agradável dia de outono, uma tropa de mercenários surgiu das montanhas. Eram antigos companheiros de seu pai, convidando-o a unir-se a eles para a campanha de inverno, onde iriam agir no reino de Khitai. Recusando o convite, o pai dela foi morto pelos ex-companheiros. Em seguida os criminosos chacinaram sua mulher e filhos, Sonja escapou por pouco e jurou vingança, quando a visão de uma deusa chamou-lhe a atenção, , a divindade falou à jovem que poderia conceder-lhe força para vencer seu sofrimento e assumir a vida de guerreira. Para que isso acontecesse, Sonja teria que fazer um juramento de jamais permitir que homem algum tocasse seu corpo, a não ser aquele que a vencesse numa batalha. Aceitando as condições propostas a ruiva foi tocada pela espada da deusa e, a partir de então tornou-se outra pessoa. Cheia de coragem empunhando uma lâmina como ninguém, ela vingou sua família e saiu a vagar por todo o continente, oferecendo seu serviços de guerreira ao exército que melhor lhe pagasse. 

No filme a historia é completamente mudada exceto pela parte dela só poder fazer amor com aquele que a vencesse em batalha, no filme Sonja nasce uma Amazona mas seu povo é atacado por um exercito comandando por uma Maga, antes de partir atrás dela uma das amazonas revela que os pais de sonja foram mortas por ela, então Sonja se une a um grupo de guerreiros que também tiveram suas vidas destruids pelo exercito da Bruxa, um deles é Lord Kalidor interpretado por Arnold Schwarzenegger que queria voltar como Conan mas os direitos dos personagens foram negados para esse filme, Brigitte Nielsen interpretou Red Sonja, o filme é mediano mas não tão ruim para ter ganhado diverso framboesas de ouro, na verdade da nossa lista foi o melhor filme, na época ao que parece tentaram pegar carona no sucesso dos filmes de Conan I e II, recentemente uma nova adaptação foi anunciada mas sem data prevista para sair.
Supergirl (1984)
Criada em 1958 por Otto Binder e Curt Swan, ela é uma prima kryptoniana do Super Homem, o filme de 1984 tentou pegar o sucesso dos filmes de Super Homem 1 e 2, porem quando saiu Superman III já havia saido e sido um fracasso de bilheteria, o que não ajudou esse filme confuso onde Supergirl enfrenta uma bruxa, apesar de tudo isso Helen Slater interpretou muito bem a personagem se destacando no filme, mas não mudou o fato do filme ser ruim e um fracasso de bilheteria, mais tarda a atriz voltaria na franquia da Supergirl e Superman em desenhos animados e na serie da Supergirl que atualmente passa pelo canal CW como a mãe adotiva da personagem.
Elektra (2005)
Criada por Frank Miller em 1981.
Na primeira história, Elektra aparece como a vilã ninja mas o Demolidor a reconhece como seu primeiro amor: Elektra Natchios, filha então adolescente de um embaixador grego. Ela também percebe que o herói é Matt Murdock, pois durante o primeiro encontro mostrado em flashback ele ficou tão empolgado com a moça que para impressioná-la revelou seus poderes.  No entanto, o rápido romance terminou quando o campus da universidade onde Matt estudava foi atacado por nacionalistas gregos que queriam matar o pai de Elektra. Apesar dos esforços de Matt, ele não conseguiu salvá-lo. Traumatizada, Elektra resolve voltar para a Grécia, abandonando Matt, mais tarde eles se reencontram ela como uma ninja assassina a mando do rei do crime e ele o vigilante Demolidor.

Apesar do fracasso do filme Demolidor, foi pensando um spin off com a personagem Elektra, sua ânsia por vingança faz com que parta para o exílio e se torne uma perigosa assassina profissional. Seu novo alvo é Abby (Kirsten Prout), uma garota de apenas treze anos, e seu pai, Mark (Goran Višnjić), os quais precisam salvar de um perigoso inimigo, que possui poderes sobrenaturais.  A história mostra Elektra transformando-se numa letal assassina do Tentáculo. Ela tem como missão assassinar um homem, mas acaba apaixonando-se por ele. Irados com a traição, os líderes do clã decidem que chegou a hora de acabar com a vida de sua ex-integrante.

O filme foi um fracasso de critica e bilheteria.
Vampirella o filme de 1996
Vampirella é uma personagem criada  por Forrest J. Ackerman em 1969. E que estreou na antiga editora norte-americana Warren Publishing, nas páginas de Creepy e Eerie e que posteriormente ganhou uma revista própria. Originalmente é uma vampira extraterrestre de um planeta tendo dois sóis chamado Drakulon (ou Draculon). Apesar de idealizador, Ackerman não a finalizou sozinho, tendo influência direta de outros nomes importantes como Trina Robbins e Frank Frazetta, que definiram a roupagem e o desenho original dela, respectivamente. Mas também teve outros artistas  Sua revista foi importante para revelar artistas como Alan Moore, Jeph Loeb, Forest Ackerman, Kurt Busiek, Christopher Priest, Ty Templeton, Steve Lieber, Liam Sharp, Michael Golden, Jimmy Palmiotti e Phil Hester (roteiro) e Gary Frank, Tim Sale, Mark Texeira, Arthur Adams, Alan Davis, Bruce Timm, Steve Lieber, Liam Sharp, Michael Golden, Amanda Conner e Stephen Segovia O filme é totalmente bizarro e considerado um dos piores filmes de todos os tempos, na historia Vampirella é uma vampira alien que tem que caçar Drácula que está na Terra unindo os vampiros não alienígenas sob o seu comando.
Barwire (1996)
 Criada por  Chris Warner nos anos 90, na Dark Horse Comics, o quadrinho ficou bastante popular nos anos 90 por sua visão distopica da sociedade e por ter uma protagonista feminina, porem o filme de 1996 que teve como atriz principal Pamela Anderson Lee, o filme ignorou grande parte do material original e se tornou um fracasso de bilheteria.
Barbarella - 1968
Criada por: Jean-Claude Forest  Heroína dos quadrinhos fanceses, uma mistura de erotismo com ficção científica. “Barbarella” surgiu em 1962, na revista “V-Magazine”, que publicou em capítulos a primeira das quatro aventuras da viajante espacial. A protagonista, que usava o corpo curvilíneo para conquistar e derrotar os inimigos, foi inspirada em Brigitte Bardot, mas o resultado final foi uma versão feminina de “Buck Rogers” e “Flash Gordon”.   Há quem veja em “Barbarella” um nível baixo, uma apelação, uma libertinagem. O primeiro álbum, publicado dois anos depois de a personagem nascer na “V-Magazine”, foi proibido na França. Ainda assim, na sua esteira apareceram “Valentina”, “Jodelle”, “Epoxy”, “Scarlet Dream” e outras mulheres fatais, os quadrinhos ficaram muito populares em toda a Europa sua popularidade migrou para os EUA e até mesmo a China.  Anos mais tarde grupos pediram pelo fim do banimento da personagem na França, por considerar o ato conservador e que a personagem tinha uma visão feminina muito forte e normalmente ignorada pela maioria dos quadrinhos. Em 1968 surgiu o filme “Barbarella”, dirigido e produzido por Roger Vadin e estrelado por Jane Fonda, que focava mais no aspecto de ficção cientifica estilizada nos Moldes de Flash Gordon, o filme teve um recebimento mediano na bilheteria mas sofreu duras criticas.
Mulher Maravilha - o filme para a tv (1974)
Cathy Lee Crosby interpretou a Mulher Maravilha anos antes de Lynda Carter em um filme para a Tv, onde a personagem está totalmente coberta e tem que caçar nazistas, até mesmo uma Moça Maravilha aparece na historia, essa foi a unica vez que a Mulher Maravilha foi retratada como loira.
Catwoman.jpg
Mulher Gato (2004)
Criada por: Bill Finger e  Bob Kane (os mesmos criadores do Batman) em 1940
Inicialmente usava uma mascara de gato e era chamada simplesmente de A Gata, depois do sucesso da personagem Miss Fury seu visual mudou ficando mais parecida com a heroína pulp, mas continuou como uma ladra, a personagem é inspirada em Irene Adler (uma personagem de sherlock holmes), o status da Mulher Gato mudou ao longo de décadas de vilã para anti heroína.

No filme  Patience Phillips (Halle Berry) é uma tímida designer que trabalha numa empresa de cosméticos. Quando Patience acidentalmente descobre um segredo da empresa que trabalha, ela vê-se envolvida numa conspiração corporativa que não imaginara até então. O que acontece a seguir é a transformação de Patience, fazendo com que ela ganhe a força, agilidade, velocidade e sensibilidade de um gato. Com os seus novos poderes e a recém-ganha intuição felina, Patience torna-se a Mulher-Gato, o filme foi muito mal recebido sendo um desastre de critica e publico, não conseguindo nem pagar os custos do filme.