(Teoria) Mensagem subliminar em um poster de LJ?!



Essa é uma teoria que martela na minha cabeça desde que o "escoteiro" quebrador de pescoços chegou na telonas...


Um tempo atrás, em uma das postagens do desenhista Caio Oliveira (inclusive você, caro leitor, pode conferir o trabalho dessa fera aqui, ó!) sobre como o Universo Compartilhado da DC poderia se salvar nos cinemas, comentei que uma boa saída seria a de que os heróis apresentados até então seriam as versões dos heróis da Terra 1 (Pré-52). Isso faria com que comportamentos fora dos habituais de alguns personagens fossem justificados como sendo do Sindicato do Crime (versão da liga de uma terra paralela). 


 Liga da Justiça: Terra 2 (2012).

Melhor ainda! E se todos os personagens que vimos até agora fossem os Lords da Justiça (apresentados na animação de grande sucesso da liga)?! Loucura? Sonho? Delírio (peraí, isso não é o mesmo que loucura?!)?

Lords da Justiça na animação Liga da Justiça Sem Limites (2004 a 2006).

Ao meu ver (e repito: é somente a minha opinião pessoal sobre isso!), essa seria uma ótima forma de fazer um reboot sem reboot. Mas até então, era só um comentário feito para exercitar a criatividade. 
Mas aí vem a DC/Warner e divulga esse poster:

Batman em um poster de Liga da Justiça (2017)

Caras, não precisei chegar até uma décima terceira camada de tríades semióticas pra relacionar esse uniforme do Batman com o de sua contraparte no saudoso desenho da Liga.
Vamos observar por um instante! O uniforme mais escuro, dark e verossímil e com a logo do morcego em prata (poderia ser alumínio, mas o Bátema é RYCAAAAAA!!!). 
 
Pequenas semelhanças entre o visual do traje do Batman no poster do filme e no personagem da animação Liga da Justiça Sem Limites (2004 a 2006).

Apesar de algumas pessoas acharem que tudo não passa de uma referência ao traje usado por George Clooney, o que é um absurdo, pois no poster não é possível observar mamilos, mas isso acaba se tornando mais uma teoria de fã (igual como estou fazendo aqui, né?!)!

George Clooney em Batman and Robin (1996)

Mas seria uma grande, agradável e satisfatória surpresa (pelo menos pra este Marvete safado que vos escreve!) uma solução como essa, de uma ousadia inimaginável... e por que não dizer... VISIONÁRIA?!

E você, o que acha?!