Header Ads

test

O que me incomodou nos Defensores da Netflix!



Assisti a série dos Defensores, gostei bastante. Só não é melhor que a primeira temporada de Demolidor. Na maior parte, a série me agradou por completo, todavia, três coisas me incomodaram bastante:

1) Os membros do Tentáculo, para humanos com séculos de existência e com conhecimento vasto em várias técnicas de luta, todos estavam sendo derrotados com muita facilidade por "jovens" heróis. O japonês, chegou com toda pompa e elegância, e se mostrou uma grande decepção. Ele só é bom contra grandes ursos da floresta.

2) Aquele plot twist com a Elektra foi desnecessário e não faz sentido algum. Ok, ela matou a Alexandra pelas costas, até deu para entender. Mas por que os outros membros teriam medo dela? É só uma garota que foi revivida. Todos os integrantes do Tentáculo passaram por isso (mais de uma vez, como fica subentendido).

3) Como a Jéssica Jones não morreu nesta série? Entendam, o poder dela é superforça e não invulnerabilidade. Ou seja, contra um bando de ninjas super treinados, ela seria como uma criança no meio de adultos.
Como a própria Jéssica falou num certo momento: "Só eu que não sei karatê nesse lugar?" Ou seja, não faz sentido ela não ser golpeado pelos ninjas do tentáculo.

O Demolidor foi treinado para enfrentar estes oponentes, o Danny Rand - teoricamente - é especialista nas artes marciais místicas e o Luke Cage, bom, ele é o Luke Cage.

Só mais uma coisa: Não há porque ficar reclamando que o Punho de Ferro foi um inútil na série. Nas hqs o personagem também não faz muita diferença, ele é apenas o parceiro do Luke Cage. Se conseguissem fazer com que o personagem ganhasse destaque nas séries, ficaria incoerente com as hqs!!!