Dez artistas confirmados para a CCXP 2017


Um bom momento para encontrar seus artistas preferidos,A CCXP – Comic Con Experience, reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quarta edição entre 7 e 1o de dezembro de 2017 no São Paulo Expo, onde espera receber mais de 220 mil visitantes. Os ingressos de sábado (9/12) e o pacote para os quatro dias já estão esgotados. Os ingressos para quinta, sexta, domingo, Full Experience, Unlock e Epic Experience estão à venda pelo site com preços a partir de R$ 99,99. Confira dez artistas que já confirmaram presença nesta edição:


Gail Simone 
Artista premiada de quadrinhos e animações conhecida pelo seu ativismo pela diversidade, especialmente ao trabalhar com personagens femininos, como sua participação na revista da Mulher Maravilha. Com seu blog Women In Refrigerators, é considerada uma das mais influentes mulheres na indústria, criando histórias sobre representatividade e equidade.Seu trabalho próprio inclui as séries Clean Room e Crosswind, aclamadas pela crítica, e no mundo de animações trabalhou com Tomb Raider, Justice League Unlimited e o filme de animação Wonder Woman. Gail trabalhou ainda em outros títulos importantes de editoras internacionais, como Birds of Prey, Simpsons, Secret Six, Welcome to Tranquility, The All-New Atom, Deadpool, Red Sonja e Batgirl.


Amy Chu 
Formada em Design Arquitetônico no MIT, Estudos da Ásia Oriental na Wellesley College, e com um MBA da Universidade de Harvard, Amy, a escritora de quadrinhos, é uma fomentadora do trabalho das mulheres, como cofundadora da Alpha Girls Comics, publicando sua própria série Girls Night Out e a série The VIP Room, entre outros. Já realizou trabalhos para DC Comics, Vertigo e Image, com: Poison Ivy, Ant-Man, Deadpool, Sensation Comics Wonder Woman e X-Files, além de Red Sonja e KISS para a Dynamite Entertainment. Ela volta ao Brasil após participar da CCXP 2015, onde lançou a série em quadrinhos da Hera Venenosa, um dos principais personagens femininos da DC.

Lourenço Mutarelli O artista é responsável também por grandes obras editoriais nacionais, como O Cheiro do Ralo (2002), que foi adaptado aos cinemas por Heitor Dhalia em 2006, e O Natimorto (2004), obra que inspirou um filme de Paulo Machline em 2009. Além disso, foi autor dos livros: Jesus Kid (2004), A Arte de Produzir Efeito sem Causa (2008), Miguel e os Demônios (2009), Nada me faltará (2011) e O Grifo de Abdera (2015). Ele escreveu ainda sete peças de teatro, cinco delas reunidas no livro O Teatro de Sombras (2007) e uma minissérie para a internet Corpo Estranho. Atualmente, trabalha em um novo projeto como dramaturgo, Sobre Projeções Mentais, e em um novo romance, Livro IV e/ou O Filho mais Velho de Deus. Também foi ator.

Denys Cowan
Cocriou a Milestone Media em 1993 ao lado de Dwayne McDuffie, Michael Davis, e Derek T. Dingle, e já vendeu mais de 10 milhões de cópias de quadrinhos inovadores. O artista tem inúmeros títulos, como Batman: Lovers & Madmen, Blind Justice, Dominique Laveau: Voodoo Child, The Black Panther: Flags of Our Fathers, The Question, Hardware e Static Shock, conhecido no Brasil como Super Choque. Sendo um dos personagens mais amados desse universo, Static Shock deu origem à série animada homônima que liderou ranking de animações – sendo a única da época não produzida pela Nickelodeon -, tendo sido indicada ao Emmy, com direção e produção de Cowan. É vencedor do Humanitas Award e já foi nomeado ao Eisner, o Oscar dos quadrinhos.



Grupo Gamarjobat 

O grupo, cujo nome significa Olá na língua georgiana – existe desde 1999, quando os artistas Hiroshi Yoshimi e Keisuke Uchida se encontraram em um festival na cidade de Nagano, no Japão, enquanto seguiam carreira solo. Atualmente, são considerados os maiores especialistas em humor físico e já realizaram mais de 200 shows em mais de 30 países.
"Moicano vermelho", como é conhecido Hiro-pon, tem 51 anos e é parceiro de "moicano amarelo", o Ketch!, de 47 anos. Os comediantes são conhecidos por performances de pantomima, representação que prioriza gestos, expressões faciais e movimentos, transcendendo a barreira da cultura e da língua. A apresentação tem realização da Fundação Japão e correalização da Embaixada do Japão no Brasil.


Thony Silas 
Foi um dos destaques da programação da CCXP Tour Nordeste, que aconteceu em abril no Recife. É ilustrador de Royals, da Marvel Comics, protagonizado pelos Inumanos, e desenvolve projetos com personagens próprios.
Thony começou sua carreira em 2000 como assistente de ilustrador. Passou a se dedicar ao mercado americano de quadrinhos em 2003 e, quatro anos depois, teve as primeiras oportunidades ilustrando para pequenas editoras internacionais. Em 2012, teve seu primeiro trabalho publicado pela Marvel Comics no título Amazing Spider-Man: Ends of the Earth, e desde então vem ilustrando títulos como Venom, Daredevil, Batman Beyond 2.0 e Superman & Wonder Woman.



David Mack
O artista já trabalhou em publicações da Marvel, como Daredevil, Alias e Jessica Jones, criando inclusive as artes promocionais para a estreia da série de TV Marvel Jessica Jones. Ele desenhou também as capas de Clube da Luta 2, sequência em quadrinhos de uma das obras mais famosas de todos os tempos, que não teve seguimento em livro ou filme, escrita pelo autor original Chuck Palahniuk.
Mack trabalhou também na criação das duas últimas temporadas de Dexter Early Cuts para a Showtime, ao lado do lendário artista Bill Sienkiewicz, também convidado da CCXP 2017. A última temporada lhe rendeu mais indicações de prêmios, e as artes de abertura criadas com o estúdio Imaginary Forces lhe renderam nomeações ao Emmy na categoria de Outstanding Main Titles (títulos principais notáveis).

Bill Sienkiewicz
O artista é vencedor do Prêmio Eisner de 2004 pelos desenhos da HQ Sandman: Noites Sem Fim (roteirizada pela lenda Neil Gaiman), da DC Comics. Bill é um dos artistas mais influentes de sua geração, chamando a atenção de toda a indústria a partir da década de 1980, principalmente por seu trabalho em séries clássicas como Elektra: Assassina e Demolidor: Amor e Guerra, da Marvel Comics, ao lado do mito Frank Miller. Seus trabalhos na arte sequencial incluem contribuições em títulos como Quarteto Fantástico, Cavaleiro da Lua, Novos Mutantes, Blade e Capitão América na Marvel, e Aquaman, Superman e Batman, entre outros, na DC.


Nikolaj Coster-Waldau, o Jaime Lannister de Game of Thrones
Depois de estrelar alguns papéis na Dinamarca, Coster-Waldau começou sua carreira nos EUA em 2001 no filme Falcão Negro em Perigo, de Ridley Scott. Depois, atuou no filme Enigma de Michael Apted.Em 2005, fez uma participação em Cruzada, outra produção de Scott, e no ano seguinte trabalhou no filme Firewall - segurança em risco, de Richard Loncraine. Em 2011 se tornou Sir Jaime, irmão gêmeo de Cersei Lannister e comandante da Guarda Real da Casa Lannister, em Game of Thrones, por sete temporadas. O ator também estará na temporada final da série, ainda sem data definida de estreia.


Alicia Vikander
A Warner terá um painel no domingo (10), com a presença de Alicia Vikander, a protagonista do novo filme de Tomb Raider: A Origem. A atriz, vencedora do Oscar por A Garota Dinamarquesa, falará sobre a nova adaptação da franquia de games. Esse é o primeiro evento público do novo Tomb Raider, que chega aos cinemas brasileiros em 15 de março de 2018.

guest author area 51  Gisele Henriques
Administradora com MBA em Administração e Marketing, contabilista, jornalista, desenhista, locutora, podcaster, professora e graduanda em Artes, é uma criatura de extrema modéstia. É mãe de gatos imaginários. Twitter / Facebook