Parabéns pelos 20 anos, Pokémon


Hoje faz 20 anos que Pokémon Red e Green (a versão Japonesa dos jogos) foram lançados. Eu lembro até hoje quando eu vi um amigo meu jogando em seu Game Boy Color uma versão de Pokémon Red. Eu fiquei "caramba, é igual ao desenho!" desde então, eu fiquei enchendo a paciência dos meus pais para ganhar um Game Boy Color também. Até que no dia 11 de agosto de 2001 eu ganhei um Game Boy Color versão Gold e Silver, e uma cópia de Pokémon Crystal. Desde então, minha paixão pela franquia de jogos só aumentou e continua aumentando durante esse tempo todo no qual eu jogo Pokémon. É uma paixão inexplicável, eu realmente não sei dizer como esse jogo é tão importante pra mim. Muitas vezes faltam palavras pra descrever o quão significativo pra mim é ter o prazer de ter conhecido a franquia de jogos. Graças aos jogos eu aperfeiçoei meu inglês, me interessei por jogos, me interessei em falar sobre jogos e escrever sobre as coisas. Pokémon faz parte da minha formação e me acompanhou durante muito tempo durante a minha infância, adolescência e agora na fase adulta. 


Eu devo ter mais de 450 horas em Pokémon Crystal, e bem mais nos outros jogos subsequentes. Em Pokémon X por exemplo, quando eu parei de jogar para poder começar Omega Ruby, eu já estava próximo das 250 horas. Quando eu digo que meu amor, minha paixão por Pokémon não é pequena, eu falo sério. Muita gente acha bobeira "Nossa, velhão e curtindo Pokémon ainda". E tipo, cara, é algo que tá a tanto tempo na minha que eu não consigo me desgarrar dele. É importante o suficiente na minha vida. Quem me conhece desde sempre, sabe que eu sou filho único e aonde eu morava aqui na minha cidade, não havia muitos amigos por perto, então eu ficava o dia inteiro em casa quando saía da escola. Se não fosse por ter aquele Game Boy e aquele Cartucho de Pokémon Crystal, minha vida teria sido bem mais tediosa. Se não fosse tudo pelo o que eu passei jogando esse jogo, indo dormir de madrugada por que acordava escondido para minha não ver que eu estava jogando. Minha emoção quando capturei o primeiro Pokémon Lendário, quando consegui vencer pela primeira vez a Elite 4 e o Campeão, quando eu fui para Kanto vencer os líderes de lá também e logo depois derrotar o Red. Tudo isso pra mim ainda é muito marcante, muito vívido na minha mente. Eu consigo lembrar exatamente da sensação que foi capturar o Lugia (meu primeiro lendário) com uma Great Ball por que eu queria deixar a Master Ball para algum outro Pokémon mais raro. A felicidade de conseguir vencer os amigos através de batalhas com o Cabo Link. Demorar pra sair do recreio por que estava jogando com os amigos e batalhando alucinadamente com aquela conexão horrorosa que o cabo link nos dava, mas era o melhor que nós possuíamos no momento. Pokémon é importante pra mim por que durante muito tempo aquele Game Boy era meu único meio de diversão além de televisão e bonequinhos. Durante muito tempo, era só eu e meus Pokémons. Não tenho vergonha em dizer que nessa época meu Game Boy era quase meu melhor amigo. Eu levava ele para qualquer lugar que eu pudesse. Festa de aniversário chata, viagens longas, salas de aula (aonde ele me foi tirado e quase perdi minha fita de Pokémon Crystal por que uma menina tentou ROUBAR ela) e tudo mais. Hoje em dia, eu também faço isso com meu 3DS, mas ainda tenho saudade de ter um Game Boy em mãos (o meu infelizmente quebrou) e um dia eu voltarei a ter um, quem sabe fazer uma coleção de Portáteis da Nintendo. 


Pokémon continua muito vivo e é a Segunda maior franquia da Gigante Nintendo, perdendo apenas para Mario. Pokémon consegue ser maior até que Zelda, para você ver. E mesmo até hoje, seu estilo de Turn Based RPG é funcional e continua muito dinâmico e cada vez mais competitivo. Não é a toa que até hoje temos torneios de Pokémon lá fora e até mesmo um campeonato mundial. Se não fosse por Pokémon, os portáteis da Nintendo estariam jogados no limbo, afinal, você SÓ COMPRA um portátil Nintendo por causa de Pokémon, vai dizer que não? Até hoje a franquia é uma das coisas que mantém a Nintendo no topo nos consoles portáteis. Ou alguém aqui prefere um PSVita a um 3DS? Não né? Por isso nós nunca veremos a franquia no Wii U ou algo parecido, Pokémon tem que estar com você a toda hora, eles não são seus monstros de bolso a toa. O conceito de poder ir para qualquer lugar com o jogo e se divertir é o principal dentro disso tudo. Por isso até hoje eu tenho um 3DS, ele sempre está na mochila quando eu tenho espaço nela, jogo para poder esperar a hora passar na faculdade, quando estou no ônibus. Eu não canso de jogar Pokémon, por mais que alguém possa achar que depois que você zera, fica repetitivo, eu ainda não me canso de jogar, testando novos Pokémons para competitivo, treinando minhas estratégias ou simplesmente me divertindo. Eu não consigo enjoar de Pokémon, e agora com o anúncio da 7ª Geração, eu sei que eu vou comprar o jogo e passarei MUITO TEMPO jogando-o, por que é pra isso que eu compro Pokémon. Para curtir, aproveitar o jogo e me divertir cada vez mais. Sempre que posso, eu ligo meu 3DS e jogo pelo menos uns 40 minutos de Pokémon, só para continuar amando cada vez mais esses jogos. A sua importância para mim não pode ser medida até mesmo nas palavras que eu coloco aqui. É algo que transcende isso tudo. Se não fosse por Pokémon eu não gostaria tanto de videogames. Não gostaria de coisas nerds. Você não estaria lendo esse texto aqui se não fosse por Pokémon ter entrado na minha vida. 


Pokémon continua sendo importante e muito bom para quem gosta. Seja jogando por emulador revivendo os jogos antigos, ou comprando e jogando os novos que continuam cada vez mais inovadores e sensacionais dentro da franquia. Que venha Pokémon Sun and Moon, e que eles revolucionem cada vez mais essa franquia que consegue se reinventar e continuar impressionando seus jogadores. Seja pela evolução dos gráficos, do sistema de batalha ou da história, Pokémon de alguma forma continua inovando e sendo o melhor para todos nós. Por isso que nesses 20 anos da minha franquia preferida de todos os tempos, eu só tenho a agradecer a Satoshi Taijiri por ter feito essa franquia incrível, a Gamefreak por ter os desenvolvido e a Nintendo por ter transformado Pokémon neste gigante monumento dentro da história dos videogames. Por mais que você possa não gostar, ou hoje em dia não se interessa tanto, Pokémon ainda é importante, muito mais importante que a maioria dos jogos atuais, e consegue se atualizar sem perder eu charme principal, que é capturar todos. 

Depois de 20 anos, eu ainda tento capturar todos. E espero que eu consiga tentar até o fim da minha vida. Obrigado por cada tarde chuvosa, por cada madrugada escondida, por cada pilha fraca que me fazia perder o Pokémon capturado, por cada momento de diversão. Obrigado por ser meu jogo preferido, minha franquia preferida e boa parte da minha personalidade. Obrigado por tudo, Pokémon. <3

Confira Também...

0 comentários