YoDa: jogador de LoL é suspenso do MSI 2017 por comentário racista no Twitter



O jogador Felipe “YoDa” Noronha foi suspenso por 3 jogos do campeonato MSI e multado em US$ 2 mil por infringir as regras da federação ao fazer uma postagem considerada ofensiva em seu Twitter.

O comentário que causou a punição

A LoLEsportsBR anunciou a punição ao jogador em comunicado recente.

Jogador: Felipe “YoDa” Noronha
Assunto: Violação do regulamento do MSI 2017
Penalidades: Suspensão por 3 jogos e multa

Fatos

No dia 27 de abril de 2017, o reserva inscrito pela equipe Red Canids para participar do MSI 2017, Felipe “YoDa” Noronha, fez comentários em sua página de mídia social, usando linguagem racial ofensiva, a respeito de jogadores de outra região participante da competição.

Esperamos que jogadores profissionais mantenham um bom comportamento dentro e fora de jogo, e não podemos tolerar linguagem ofensiva com cunho racial. Apesar do YoDa não ter um histórico de toxicidade ou outras infrações competitivas, jogadores profissionais devem demonstrar respeito pelos demais jogadores e suas culturas, e essas ações claramente violam esse princípio.

Regras relevantes

9.1.2 Profanity and Hate Speech (Ofensa e Discurso de Ódio)
9.2.4 Discrimination and Denigration (Discriminação e Difamação)

A publicação ainda indica a leitura do regulamento completo da liga para ter uma dimensão mais geral das regras e punições.

A equipe Red Canids lançou um comunicado oficial reconhecendo a punição e criticando a atitude do gamer.

RED Canids
Curtir esta página · 12 h · 
COMUNICADO OFICIAL: 
Nós, da RED Canids (incluindo o jogador Felipe "Yoda" Noronha), repudiamos qualquer e todo tipo de racismo e xenofobia. 

Não temos controle sobre o que os nossos jogadores falam em suas redes sociais, mas tenham certeza que em momento algum nosso jogador teve qualquer intenção de ofender ou prejudicar alguém com seu Tweet. 

Foi uma brincadeira, mas que houve consequências e não irá se repetir. Não tiramos, em momento algum, a razão da Riot e aceitamos a decisão tomada. 

Nosso jogador entende também que ele representa algo maior neste momento, ele está representando um país, e fará de tudo para se retificar e se desculpar perante seus atos.

Atenciosamente, 
Felippe Corradini 
CEO - RED Canids

 O jogador postou um vídeo sobre o assunto em sua Página no Facebook.




A situação expõe a diferença de abordagem que as empresas fazem sobre atitudes discriminatórias no Brasil e em outros países. Enquanto no mundo todo práticas ou discursos preconceituosos são considerados motivos para  punição ou mesmo demissão, no Brasil angariam defesa e até simpatia por parte de algumas corporações e de algumas pessoas do grande público. A "zoeira" e a "liberdade de expressão" têm limites. Fora que demonstra que é fácil ser ofensivo com grupos minoritários, mas quando se mexe com grupos que têm peso num determinado segmento dá treta. 

Lembrando que de acordo com a Lei 7.716/1989, que trata sobre os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor:

Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. 
          [...]
Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. 
          [...]
Pena: reclusão de um a três anos e multa. 
          [...]
§ 2º Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza: (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)
          [...]
Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa. 
          [...]
§ 3º No caso do parágrafo anterior, o juiz poderá determinar, ouvido o Ministério Público ou a pedido deste, ainda antes do inquérito policial, sob pena de desobediência: 
          [...]
III - a interdição das respectivas mensagens ou páginas de informação na rede mundial de computadores.
 Cabe acompanhar para ver a próxima fase dessa história.
guest author area 51  Richard Christian - Prof. Pinto
Ativista anti-racismo muito conhecido no grupo de quadrinhos da deep web. É capaz de citar referências de cultura afro-pop fazendo analogias com mitologia egípcia e funk. É um dos poucos papais do grupo. . Twitter / Facebook